Servir ao outro é outroísmo submisso?

06/06/2020 by in category Perguntas tagged as with 0 and 0

Não necessariamente. Pode ser, pode não ser. Meu trabalho de professor de autociência, por exemplo, consiste em servir vocês, alunos, mas não é outroísmo submisso, é autoísmo. Outroísmo e autoísmo não está no ato, mas na motivação do ato, na intenção do ato. A esposa pode fazer sexo com o marido, por exemplo, para ter prazer ou para salvar o casamento. É o mesmo ato, mas são duas motivações diferentes. Outroísmo submisso é fingimento. Usando o exemplo da esposa, se a esposa finge que quer fazer sexo para salvar o casamento, está sendo outroísta submissa. Outroísta porque a motivação da esposa é controlar o outro. Submissa porque está fazendo isso através do fingimento, da submissão.

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari