Porque minha mente não consegue entender a Ciência do Nada?

24/05/2020 by in category Perguntas tagged as with 0 and 0

Antes de responder sua pergunta vou fazer uma troca de palavras. Onde você usou o termo “minha mente” vou substituir por “meu raciocínio”. Feito isso, você não consegue entender o que esse livro explica porque esse livro está explicando que você é nada e seu raciocínio é parte integrante do tudo.

Pensar não é saber (raciocinar não é saber). Pensar é processar informação, feito um computador. Quando você pensa algo, se você não fosse autoconsciente, você sequer saberia que pensou. Você sabe o que está pensando porque sabe que está pensando. Isso é tão óbvio que você não percebe. Você confunde pensar com saber e acredita que pensar é saber. Não é! Um computador pensa (processa informação) mas não sabe que pensa, pois não tem consciência do próprio pensamento.

É ai que começa o problema do raciocínio com a consciência e com a existência. Saber é inegável. Você sabe que sabe. Só que você não consegue explicar como sabe, nem porque sabe. Você apenas é consciente de que é consciente e é isso! É óbvio que você sabe! É inegável! Mas é só isso! O raciocínio não tem como processar nada sobre o saber, pois o raciocínio é o sabido (objeto do saber).

Ou seja, saber é irracional (irracionalizável). Não tem como entender o saber. Não tem lógica. Você simplesmente sabe e pronto! E não há nada que você possa fazer para evitar isso. Por isso que saber é inconcebível embora inegável, pois é o saber que sabe do raciocínio, não o oposto. Por isso que sua existência também é inconcebível embora inegável, pois você sabe que existe e não pensa que existe.

É inconcebível para a racionalidade que a realidade (que inclui a racionalidade) existe “dentro do saber”. Por isso que os cientistas estudam a realidade através do estudo da matéria. Por isso também que o caminho para o autoconhecimento não é a ciência, mas a AUTOciência, feita através da autoobservação (saber de si).

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari