Por que leio e não entendo?

24/05/2020 by in category Perguntas tagged as with 0 and 0

No livro Apocalip-se a 1ficina está explicando que você é um SER HUMANO e não um HUMANO SER. A 1ficina está lhe dizendo que você ignora o que você é. Você pensa que sabe. Mas não sabe. Você está equivocado. Só que o fato de você ler em um livro que você ignora o que você é, e que você está equivocado, não desperta sua consciência. Despertar da consciência não é fruto de leitura, nem de estudo: é fruto da prática da autociência. Você pode tatuar a frase “eu sou um ser humano e não um humano ser” no seu corpo e passar o dia inteiro lendo essa frase que não vai adiantar nada. Então, você é um HUMANO SER tentando entender o que é SER HUMANO. Esse é o problema. Você continua na lógica do HUMANO SER, que é a lógica materialista, lógica espaço-tempo. É IMPOSSÍVEL entender o que é ser humano na lógica do HUMANO SER, na lógica do espaço-tempo.

O maior não cabe dentro do menor. O android não está dentro do whatsapp, é o whatsapp que está dentro do android. Analogamente, o ser não está dentro do humano, é o humano que está dentro do ser. Então, é preciso sair da ilha para ver a ilha. Só que o iniciante não entende isso AINDA. O iniciante quer ver a ilha cavucando a ilha e enfiando a cabeça dentro do buraco. Os cientistas tentam sair da ilha cavucando a matéria. Os espiritualistas tentam sair da ilha passeando de unicórnio e imaginando que a realidade é o produto do pum verde da minhoca extraterrestre.

Nenhum desses dois caminhos resolve. O que resolve é a autociência. Ou seja, se sou EU que estou vendo a ilha, então, ao invés de investigar a ilha, vou investigar O QUE SOU EU. Essa investigação é a prática da autociência. E é essa investigação que deixa EVIDENTE que você é um SER HUMANO e não um HUMANO SER.

Nesse ciclo de estudos, vocês leem vários livros. Mas é como se vocês estivessem lendo um livro só com vários capítulos. Se eu fizesse esse ciclo de estudos sem responder pergunta nenhuma, do começo até o fim, e só abrisse para perguntas depois da leitura do último livro, muito provavelmente vocês não teriam pergunta nenhuma no final. É isso que aconteceu em todos os ciclos anteriores. Quanto mais se aproximava do fim, menos pergunta tinha. Mas se eu fizesse assim, teria prós, mas teria contras também. Por exemplo, perderíamos essa nossa interação diária que é tão rica. Então, mesmo que me dê muito mais trabalho conduzi-los assim como faço, prefiro assim.

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari