NORMALIDADE ABSURDA

18/08/2018 by in category Textos with 0 and 0

Você perdeu a capacidade de se assombrar. Você acha normal que a realidade seja tridimensional, dura, colorida, quente, fria, aromatizada, etc. Você acha normal que existam objetos. Você acha normal que os objetos estejam rodeados de espaço. Você acha normal o espaço ser vazio. Não tem nada de normal nisso! Essa realidade que você está constantemente experimentando é um absurdo. Onde já se viu altura, largura e profundidade! Que maluquice é essa! Que delírio é esse! Todos os aspectos da realidade são um completo absurdo. Não tem lógica.

Só que você se acostumou com o absurdo. Você não vê mais o absurdo. Você acha normal. Você bebe água e não percebe o absurdo líquido descendo pela sua garganta. Você faz yoga, aprende todos os pranayamas, mas não percebe o absurdo que é respirar. Você senta em posição de zazen, passa 15 horas olhando para a parede e praticando meditação, mas não entra em êxtase de ver o absurdo que é se sentir dentro de um corpo olhando para uma parede. Você mastiga uma dúzia de cogumelos alucinógenos, mas não percebe a viagem que é ter dentes, mastigar e sentir sabor.

Você não percebe mais como o ordinário é extraordinário. Você vive como um zumbi. Por isso que você busca experiências espirituais e transcendentais. Seu adormecimento é tão profundo que você precisa transformá-lo no pesadelo da busca pelo extraordinário para conseguir acordar. Quer acordar agora mesmo? Vá até a parede mais próxima. Dê uma cabeçada bem forte nela. Sinta o absurdo da dureza. Sinto o absurdo da dor. E acoooorde!  

© 2018 · 1FICINA · Marcelo Ferrari