MATEMÁTICA DE FANTASMAS

06/03/2016 by in category Textos with 0 and 0

Uma coisa é somar coisas, como uma laranja e um abacate, por exemplo. Outra coisa é somar fantasmas, como xis mais ípsilon. O resultado da soma de xis mais ípsilon é tão fantasmagórico como xis e ípsilon.

Esse é o problema de equacionar conceitos sem ter ciência do que se está equacionando. Saber a explicação não é saber, é saber que não se sabe. Quando você precisa de explicação é porque você ignora. Que explicação você precisa para saber que fogo queima? Que explicação você precisa para saber que azul é azul?

Explicações são meu bem meu mal na prática do autoconhecimento. Explicações são mapas para lhe ajudar no despertar da consciência. Só que o mapa não é o território. Por isso, quanto mais você soma, divide e multiplica conceitos, mais você afunda na matemática de fantasmas e menos entende. Saber a explicação não é estar ciente do que está sendo explicado, é apenas saber a explicação.

Quer sair da teoria? Queime os livros e leia-se!

© 2018 · 1FICINA · Marcelo Ferrari