LÓGICA DA GUERRA

25/12/2019 by in category Textos tagged as with 0 and 0

Primeiro você acredita que algo que possuí está sendo ameaçado, então, com o intuito de proteger esse algo, ataca o outro, pois a melhor defesa é o ataque. Essa é a lógica da guerra. Matar para não morrer. Destruir para não ser destruído. Entender a lógica da guerra ajuda você a viver melhor, pois gera autoconhecimento. Quando você está atacando o outro, com palavras ou granadas, pode e deve se perguntar: “Estou atacando o outro para proteger o que em mim?”. A descoberta do que você está tentando proteger ajuda você a lidar melhor com as circunstâncias, ou seja, viver melhor.

Guerras têm lados, bandeiras, brasões, hinos, enfim, verdades (ideologia). Cada lado ataca para defender suas verdades. Quando um não quer dois não brigam, mas enquanto dois querem, o pau come. Gregos e troianos, judeus e muçulmanos, petistas e bolsominions, são alguns exemplos disso. Atualmente, temos um conflito em torno do vídeo de natal do grupo Porta dos Fundos. Se você está participando dele, você pode usá-lo para autoconhecimento. Seja qual lado você estiver atacando, você pode se perguntar: “Estou atacando o outro para proteger o que em mim?”. Essa descoberta irá lhe ajudar a lidar melhor com as verdades de ambos os lados do conflito, pois irá lhe trazer autoconhecimento.

Claro que, diante de um conflito, você pode simplesmente vestir sua verdade e sair atirando no inimigo até matá-lo. Depois de muito sangue e sofrimento, sua verdade pode finalmente ganhar da verdade do outro. Mas você terá perdido a oportunidade de autoconhecimento. Te garanto que não vale a pena viver assim. É fácil perceber porquê. Basta observar que embora você mate e morra por uma ideologia, jamais uma ideologia fez ou fará nada por você, a não ser te separar e te impedir de viver em paz com os outros.

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari