JOYSTICK DA REALIDADE

22/04/2017 by in category Textos with 0 and 0

Fazendo uma analogia da experiência humana com um videogame, seu arbítrio é o joystick e sua realidade é a imagem na tela. Quando você está brincando de videogame, a imagem na tela obedece o manuseio do joystick. O mesmo acontece com sua realidade. Só que no videogame, você vê o manuseio do joystick e a correspondente mudança na tela, na brincadeira de ser humano, você não vê o joystick.

Ou seja, você executa seu arbítrio, mas você não se vê executando o que está executando, você só vê o efeito: sua realidade mudando. Daí a correspondência fica invisível. Por isso parece que sua realidade está mudando aleatoriamente, sem seu arbítrio. E para piorar, você também não vê o arbítrio dos outros jogadores (outros seres) que estão optando junto com você e interferindo no resultado.

Então, sem autoconhecimento, é inevitável você supor que arbítrio não existe, que sua realidade é arbitrária, embora seja justamente o oposto.

Sua realidade não é arbitrária, é arbitrada.

© 2018 · 1FICINA · Marcelo Ferrari