Introdução ao Comunismo Universal

21/08/2023 by in category Capitulos, Comunismo universal with 0 and 0

Na abertura de uma das aulas do ciclo de estudo EUreka 2023, para fins de ilustrar a qualidade da convivência humana, expliquei que lucro é exploração. Alguns alunos se revoltaram com minha afirmação e vieram tirar satisfação comigo. Passei duas semanas dando satisfação (explicando). Nesse livro, compartilho as explicações que dei e acrescento outras que completam o entendimento. A revolta se originou com a afirmação sobre a prática do lucro (lucrar), mas a prática do lucro está alicerçado na questão da propriedade. Por isso esse livro se chama Comunismo Universal.

Que fique claro! Esse não é um livro sobre política. Esse não é um livro doutrinário. Esse é um livro sobre despertar da consciência. O que vou explicar aqui é o óbvio sobre a natureza do universo. Para entender o que vou explicar aqui basta você, leitor, observar sua experiência e comprovar.

Não sou contra o capitalismo. Também não sou comunista. Sou contra a ignorância e a favor do despertar da consciência. Trabalho pelo despertar da consciência e pela auto-realização dos seres humanos. Quando afirmo e explico a injustiça do lucro, não estou atacando o capitalismo, estou explicando a natureza do lucro para que o implícito fique explícito.

Sei que muitas pessoas sentem ânsia de vômito com a palavra “comunismo”. Sei que para pessoas de mentalidade capitalista a palavra “comunismo” é sinônimo de demônio. Se você não é capaz de colocar de lado todos seus preconceitos associados a palavra “comunismo”, não leia esse livro. Leia esse livro apenas se deseja despertar a consciência para o comunismo universal.

Relutei. Não queria escrever esse livro. Sei que deixar o capitalismo nu, numa sociedade de mentalidade capitalista, é pior que xingar a mãe de puta, é pior que cuspir na cara. Sei que resulta em punição máxima. Prevejo que pessoas virão me aporrinhar com ódio ao comunismo e discurso de oposição. Vai ser um saco ter que explicar repetidamente o que está escrito nesse capítulo de introdução. Mas se quem enxerga o óbvio, não explicar o óbvio, quem vai explicar? Por isso aceitei o desagradável trabalho.

Boa leitura!

© 2023 • 1FICINA • Marcelo Ferrari