GABARITO DO CERTO E ERRADO

14/05/2020 by in category Textos with 0 and 0

Como as religiões deveriam se comportar diante da política?

Sua pergunta contém alguns equívocos. Vou explicitá-los para que você possa se libertar deles.

Assim como dança e dançarino não são a mesma coisa, religião e religioso também não. Alguma vez você foi na igreja e assistiu a religião rezando a missa? Claro que não! Quem reza a missa é o padre. Alguma vez você foi ao terreiro de umbanda e conversou com a umbanda? Também não! Você conversa com os médiuns e as entidades. Quem se comporta assim ou assado são os religiosos e não a religião. Comportamento é sempre de um corpo. Dança não tem corpo, então, não tem comportamento, quem tem comportamento é o dançarino. Religião também não tem corpo, então, também não tem comportamento, quem tem comportamento é o religioso: o padre, o bispo, o papa, o médium, o monge, o pastor, etc. Estando isso esclarecido, sua pergunta corrigida fica assim:

PERGUNTA: Como os religiosos deveriam se comportar diante da política?

Suponho que você considere errada a maneira como os religiosos estão se comportando, por isso está perguntando. Se considera errado, é porque vai contra o que considera certo. Sendo assim, lhe pergunto, como os religiosos deveriam se comportar? Como seria o certo? Sugiro que você escreva uma carta para os religiosos expressando o que eles estão fazendo de errado e como eles deveriam se comportar. Não estou brincando, nem sendo irônico, escreve mesmo, coloque no papel o que pensa e sente. Faça uma lista de todos os erros cometidos e outra lista de como eles deveriam se comportar, de como é o jeito certo. Coloque no título da carta: “Gabarito do certo e errado”. Coloque a carta em um envelope. Vá até o correio e envie a carta para si mesmo. Assim que chegar, leia e viva de acordo com o seu gabarito e permita que o outro vida de acordo com o gabarito dele. E não faça isso pelos outros, por benevolência, tolerância ou respeito. Não! Faça por si mesmo, pelo seu próprio bem. Viver censurando e corrigindo a vida dos outros só serve para você perder sua vida.

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari