A FACA E O QUEIJO NA MÃO

06/01/2016 by in category Textos with 0 and 0

Estar com a faca e o queijo na mão é uma expressão usada para dizer que se tem tudo, ou então, que se tem o principal para fazer algo. Só que não! Tem um pré-requisito muito mais fundamental para sair da inércia e agir. Qual pré-requisito? Estar com fome. Fome é o que dá sentido a faca e o queijo. Fome é o principal. Fome é interesse. É a fome que inventa a faca para comer o queijo. Por isso, quando o outro não tem interesse no seu queijo, não há o que fazer. Seu queijo pode ser lindo, maravilhoso, perfurado e perfumado. Não há o que fazer. Não adianta obrigar o outro a ter fome. Quando você não tem interesse no queijo do outro, idem. Não adianta se obrigar a ter fome. Sem fome não se come. Comer forçado dá ânsia de vômito. A experiência humana é um self-service para todos os tipos de fome. Self sirva-se. Respeite a fome do outro. E boa refeição!

© 2018 · 1FICINA · Marcelo Ferrari