LIVROS

*Os livros estão na ordem de leitura recomendada.


LIVROS EXTRAS

CICLO DE ESTUDOS

Para viver mal, ignorância serve. Para viver bem, só com autoconhecimento. Se você quer descobrir o que é ser humano e viver bem, click no banner abaixo e venha participar do EUreka 2022.

✔ 100% gratuito.
✔ 100% online (telegram).
✔ Duração de 10 meses.
✔ Início 10 de janeiro 2022.
✔ Estudo e prática.

TESTEMUNHOS

Testemunhos de alunos que já fizeram o clico de estudos Eureka, respondendo a pergunta: “Por que recomendo que você faça o ciclo de estudos?”.

Alexa Lapertosa

Maria Angélica

Gabriela Oliveira

Grasielle Lopes

Karen Fontoura

Fernando Primo

Lídia Maria

Teresangela Perez

Luiza Mathias

Isa Silva

Lucélia Oliveira

Reinaldo Fonseca

Susana Borsari

Thiago Amaral

Viviane Pereira

Bruna Frappa

Sandra Fonseca

Ana Paula Rosa

Sydgi Zannestos

PERGUNTAS E RESPOSTAS

EUreka é um ciclo de estudos em grupo, não é um grupo de estudos. Funciona de forma semelhante ao ano letivo de uma escola. Dito isso, a metodologia do ciclo de estudos EUreka funciona assim:

1) Na terça-feira eu passo uma tarefa. A tarefa é ler um livro que está no site da 1ficina. Eu chamo de livro porque explica um assunto, mas é pouca coisa, é como um texto de duas páginas.

2) Todos os integrantes tem uma semana de prazo para ler o texto e enviar um áudio para o grupo TAREFAS dizendo o que entendeu da leitura. Não tem nota, mas precisa entregar a tarefa no prazo, senão é retirado do ciclo de estudos. A semana de prazo começa na terça feira e vai até as 18hs de domingo.

3) Na segunda feira, 20 hs, tem Conversa Dentro no zoom para tirar dúvidas, fazer perguntas e conversar sobre a tarefa da semana. Toda segunda feira tem conversa no zoom. Tem chamada. Pode faltar em 50% das conversas. Serão 26, então, pode ter 13 faltas. Mais que isso, não pode participar da fase de práticas.

4) Terminada a Conversa Dentro na segunda feira, o dia seguinte é terça feira e começa tudo de novo com o estudo de um novo livro. Serão 26 livros, então, serão 26 semanas assim.

É similar ao que acontece numa faculdade de psicologia. Primeiro os alunos estudam psicologia na sala de aula, aprendem sobre o funcionamento psicológico humano e estudam casos genéricos. Porém, antes de se formarem, devem passar por um processo de análise. Analogamente, é disso que se trata a fase de práticas do ciclo de estudos. Na fase de estudos você irá estudar o que é ser humano e porque o ser humano vive mal. Na fase de práticas, você irá aprender a fazer autoanalise colocando tudo que estudou em prática e descobrindo porque você vive mal.

continua a pergunta: …minha irmã, por exemplo, coisa de 5 meses, tentou suicídio, mas foi “salva”. Voltou para casa bem, mas depois surtou outra vez e nunca mais voltou à realidade (e ela era muito lúcida e inteligente mentalmente), então, como sou seu irmão, talvez tenha a mesma propensão, sabe como é… minha corda pode arrebentar como arrebentou a dela. Por isso pergunto se é recomendável, pois pode ser que aconteça comigo o que aconteceu com ela e depois você terá problemas com minha esposa te processando e lhe culpando pelo meu estado mental. Creio que você nunca passou por isso.

Já aconteceu sim. Uma moça surtou durante um ciclo de estudos e foi parar em uma casa de repouso. Ficou um mês internada. O marido dela não me processou, mas ficou com raiva de mim, pegou o celular dela e veio brigar comigo no grupo de whastapp.

Bem, a resposta a sua pergunta vem de outra pergunta: “Quanto você aguenta encarar a si mesmo e ficar consciente de si mesmo?”. Se você aguenta pouco, o ciclo de estudos não é recomendável. 1ficina é para todos, mas nem todos são para 1ficina. Praticar autociência requer aguentar o tranco de encarar a si mesmo com profundidade, mesmo correndo o risco de surtar. Aliás, surtar é o primeiro passo para começar uma mudança fundamental. O bem viver começa depois do surto. A moça que surtou e foi para clínica de repouso, atualmente, vive bem melhor do que vivia antes do surto.

Estudando autociência não, porque autociência não se estuda, se pratica. Praticando autociência, sim.

Meu caro, caminhamos juntos já faz um tempão, você segue meu trabalho desde o começo, conheço um pouco da sua história, então, vou te dar uma explicação e uma sugestão, visando te ajudar.

A explicação é a seguinte:

Não sou terapeuta, sou professor de autociência. Ou seja, não faço análise com meus alunos, ensino meus alunos a fazerem autoanálise. O ciclo de estudos não é para que eu resolva o mal viver dos alunos, mas para ensinar os alunos a identificarem o mal viver deles, entenderem a causa, e assim, se tornarem competentes em se resolverem.

Por isso, desde o primeiro dia do ciclo de estudos, vou alertando eles sobre o mesmo que estou lhe explicando aqui: não sou terapeuta, sou professor.

Mas entendo a dor dos alunos. Entendo que querem que eu seja terapeuta deles porque estão vivendo mal, sofrendo, e não sabem como lidar bem com isso. Então, como sou professor e não terapeuta, disponibilizo para eles a possibilidade de praticarem em grupo e ajudarem uns aos outros.

Essa possibilidade que acontece no final do ciclo de estudos, é gratuita e muito produtiva. Porém requer compromisso do praticante e requer se abrir, se expor para o grupo. Algumas pessoas não querem compromisso e outras não querem se abrir em público. Então, dou a essas pessoas uma sugestão que é a mesma que vou te dar agora: “Encontre um bom terapeuta e faça terapia, pois eu não sou terapeuta, sou professor”.

Essa é minha explicação e minha sugestão para você. A explicação é porque seu interesse por mim não é interesse de aluno, é interesse de paciente pedindo “me resolve” para um terapeuta. A sugestão é porque um bom terapeuta pode sim te ajudar.

Tem o dever moral e cívico de aluno sim. Sendo que você está aqui para estudar em grupo, então, deve fazer o que optou por fazer. Mas claro que nem você e nem ninguém irá fazer isso, e tudo bem, não retiro ninguém do ciclo de estudos por isso.

Certa época, minha esposa foi contratada para dar aula de ciências numa escola pública, no ensino fundamental, de 5ª a 8ª série. Quando chegou para dar aula, foi inviável, porque os alunos não eram sequer alfabetizados. Eles não conseguiam estudar nada porque não conseguiam ler nada. Minha esposa, espantada, foi conversar com a diretora e disse que não tinha como dar aula para eles, que eles tinham que ser alfabetizados primeiro. A diretora disse: “Então, faz isso, alfabetiza eles primeiro”. Analogamente, foi isso que aconteceu quando decidi criar o ciclo de estudos EUreka. Eu falava sobre ser humano para os outros, mas ninguém me entendia. Então, entendi que para poder conversar com os outros seres humanos sobre a experiência humana, primeiro eu precisava alfabetizá-los sobre o que é ser humano. O ciclo de estudos EUreka sou eu ensinando o bê-a-bá do que é ser humano.

Fase de estudos – aproximadamente 6 meses
Fase de práticas – aproximadamente 3 meses
Eurekarios (grupos de práticas) – até o fim da vida, ou até atingir a iluminação absoluta (o que acontecer primeiro)

EUreka é um ciclo de estudos em grupo, não é um grupo de estudos. Dito isso, sendo que acontece via Telegram, contanto que você cumpra o prazo das tarefas, você faz seu horário de estudos. O que é fixo na agenda do ciclo de estudos é o prazo das tarefas e a Conversa Dentro de segunda feira, 20hs, no zoom. Só isso.

26 livros. Exatamente na ordem que estão na página livros no site.

Link da página livros:

LIVROS

Tem colegas que você irá fazer questão de escutar, que irá lhe agregar e lhe ajudar a despertar para o que você leu, estudou, mas não percebeu. Esse é um dos grandes benefícios de escutar o áudio dos colegas. Outro benefício é perceber que um colega tem a mesma dificuldade de entendimento que você. Outro beneficio ainda, é que, ao ouvirem uns aos outros, vocês vão se conhecendo e se tornando um grupo, o que será muito benéfico se você decidir se tornar um praticante vitalício. Por fim, ao ouvir a tarefa dos colegas, você estará praticando uma prática que pode revolucionar sua convivência: a prática de ouvir o outro. Olha quanto benefício!

Ninguém precisa do ciclo de estudos para ser praticante de autociência. Autociência é uma capacidade inata do ser humano. Só que capacidade não é sinônimo de competência. Por exemplo, todo ser humano tem capacidade de pensar, mas nem todo ser humano tem competência em pensar. Competência é capacidade desenvolvida. O ciclo de estudos EUreka visa ampliar sua competência em praticar autociência. Autoobservação e autoanálise são capacidades inatas suas, as explicações da 1ficina auxiliam você na ampliação da sua competência em praticar essas capacidades. Sem as explicações da 1ficina você demoraria muito tempo para se tornar competente em praticar autoobservação e autoanálise. Imagine, por exemplo, quanto tempo demoraria até você descobrir que você é uma UNItrindade brincando se ser humano, e que a natureza humana é um Quatrix, e que desejo é amor, e etc. Você iria morrer e não iria descobrir. Logo, teria a capacidade de se autoconhecer, mas não teria competência em fazer isso, o que seria quase o mesmo que não ter capacidade. Agora, respondendo mais diretamente sua pergunta, terminado o ciclo de estudos EUreka você tem o mínimo de explicação necessária para desenvolver sua competência. Cada passo do ciclo de estudos é para lhe oferecer o mínimo necessário para você começar a prática de autociência. Com o mínimo, você mesmo pode e deve chegar ao máximo.

Não. É inviável fazer isso. Não só pela quantidade de tarefas, mas pelo estado mental de vocês atualmente. A compreensão de vocês sobre o que é ser humano no começo do ciclo de estudos é tão equivocada que teria que passar um ano dando aula particular para cada um até esclarecer os equívocos de uma única tarefa, imagina de 26 tarefas x 100 alunos. Mas a Conversa Dentro de segunda feira é para isso. Para vocês fazerem perguntas, tirar dúvidas, e eu dar um feedback sobre os equívocos mais recorrentes que escutei nas tarefas.

© 2021 · 1FICINA · Marcelo Ferrari