Eu existo para que? Qual é a utilidade? Para que serve existir?

26/05/2020 by in category Perguntas tagged as , with 0 and 0

Você está usando a lógica materialista para tentar entender a natureza existencial. Isso é muito comum. Todo calouro de autociência comete esse equívoco. É inevitável. Eu também cometi esse equívoco quando era calouro. Mas não funciona. Você não vai conseguir. Não dá para entender o maior pelo menor.

Eu digo que você não nasce e não morre, que você existe, e você pensa em si como um fantasma ou algo do tipo. Isso é lógica materialista. Mas não é isso. Existência é nada. Nada é nada. Nada é coisa nenhuma. Nada é zero. Um fantasma é uma coisa. E pior! O nada que você é contém tudo que você está experimentando. Tudo está dentro do nada. Daí que a lógica materialista pira mesmo, pois a lógica materialista é o menor.

Você só entende de fato sua existência quando tem um despertar existencial. Você desperta e fica consciente que você existe, sempre existiu, sempre existirá. Antes disso você só consegue fritar os neurônios tentando entender o maior pelo menor. Faz parte. Mesmo fracassando sucessivamente, quanto mais você fracassa, mais se aproxima do seu despertar existencial.

Dito isso, respondo sua pergunta:

Eu existo para que? Qual é a utilidade? Para que serve existir?

Existir não serve para nada. Não tem utilidade nenhuma. É absolutamente inútil. Existir é apenas a natureza dos seres. Seres existem. Só isso. Por que existem? Porque ser é existir.

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari