Estupro legalizado

24/08/2023 by in category Capitulos, Comunismo universal tagged as , , with 0 and 0

A galinha não é propriedade de ninguém. Não existe propriedade no universo. Ninguém é dono da galinha. Mas você acredita que a galinha é propriedade sua. Você diz: “É minha galinha”. Então, quando a galinha bota um ovo, você acredita que o ovo é seu. Você vende seu ovo por 10 reais para o João da mercearia. Você tem 10 reais de lucro sobre um ovo de uma galinha que nunca foi e jamais será propriedade de ninguém. Ao pagar 10 reais para você, João passa a acreditar que se tornou proprietário do ovo de uma galinha que nunca foi e jamais será propriedade de ninguém. E como ele pagou 10 reais por essa propriedade, João revende o ovo por 15 reais para Pedro. João tem 5 reais de lucro sobre o ovo de uma galinha que nunca foi e jamais será propriedade de ninguém.

Lucrar é aumentar a mentira da propriedade através da crença na propriedade. Você tem zero propriedade, mas através da crença na propriedade, se tornou proprietário de uma galinha e de um ovo, que você, enganosamente, trocou por 10 reais. João, que também acredita em propriedade, comprou sua mentira e a aumentou em 5 reais. Ora, ora, ora, sendo assim que funciona o capitalismo, o que os seres humanos fazem quando lucram? Enganam e exploram uns aos outros.

Exploração econômica é tipo um estupro econômico. Ao vender o ovo por 10 reais para João, você está enganando e estuprando João 10 vezes, pois a galinha não é, nunca foi e jamais será propriedade sua. Só que João não pode ficar no prejuízo desse estupro. Então, o que João faz? João estupra pedro 15 vezes, o que lhe dá 5 estupros de lucro.

Eis a realidade nua e crua do capitalismo: estupro legalizado. Se a moeda mundial se chamasse “estupro” ao invés de “dólar”, ficaria explícita a realidade do capitalismo. Os grandes proprietários teriam bilhões de estupros na conta bancária. Os miseráveis seriam pessoas que não conseguem estuprar ninguém, são apenas estuprados.

Claro que não é assim que a mentalidade capitalista enxerga a si mesma. No idioma capitalista, lucro é santidade, virtude, heroísmo. Lucrar não é errado, é a coisa certa a se fazer. Todos, absolutamente todos os seres humanos, querem lucrar. Desde o bilionário até o miserável. Afinal, todos foram programados desde o nascimento para viverem acreditando na propriedade e no capitalismo. Tudo que um ser programado pode fazer é seguir o programa.

Por isso que a solução para o capitalismo e seus males sociais está no despertar da consciência. Enquanto o ser humano ignorar que é adepto e praticante do estupro econômico legalizado, não tem como ele abandonar essa prática.

Como disse no capítulo de introdução, a função desse livro não é doutrinária, não é propor um sistema para substituir o capitalismo. A função desse livro é ajudar você (leitor) a despertar a consciência. Dói ficar consciente que você é adepto e praticante do estupro econômico legalizado. Vai contra tudo que você foi programado a acreditar. Mas sem essa dor consciencial, não tem conscientização. Sem conscientização, não tem mudança.

© 2023 • 1FICINA • Marcelo Ferrari