EGOFONIA

09/12/2015 by in category Eurekatividades with 0 and 0

01 | OBJETO

IDENTIFIQUE O OBJETO DO SEU SOFRIMENTO.

O que está lhe fazendo sofrer?
Ou… O que tem lhe feito sofre?
Ou… O que lhe faz sofrer?

Obs: O objeto do seu sofrimento deve ser uma pessoa, situação, ou coisa.

Exemplos

EXEMPLO (A)

Objeto do problema: Aparência física e intelectualidade.

EXEMPLO (B)

Objeto do sofrimento: Os homens.

EXEMPLO (C)

Objeto do sofrimento: Outros seres humanos.

EXEMPLO (D)

Objeto do sofrimento: Vida financeira.

EXEMPLO (E)

Objeto do sofrimento: Minha mente.

EXEMPLO (F)

Objeto do problema: Os outros.

EXEMPLO (G)

Objeto do sofrimento: Os outros.

EXEMPLO (H)

Objeto do sofrimento: Novidades (atividades fora da rotina).

EXEMPLO (J)

Objeto do sofrimento: Emprego atual.

EXEMPLO (K)

Objeto do sofrimento: Os outros.

EXEMPLO (L)

Objeto do sofrimento: Os outros.

02 | PROBLEMA

IDENTIFIQUE O PROBLEMA.

O que o objeto do seu sofrimento faz, ou é, ou tem, que resulta nesse sofrimento?

Exemplos

EXEMPLO (A)

Objeto do problema: Aparência física e intelectualidade.
Problema: Me acho feia e burra.

EXEMPLO (B)

Objeto do sofrimento: Os homens.
Problema: Não entendem meu amor por eles.

EXEMPLO (C)

Objeto do sofrimento: Outros seres humanos.
Problema:  Não tem cérebro, não pensam.

EXEMPLO (D)

Objeto do sofrimento: Vida financeira.
Problema: Falta dinheiro para sobrevivência.

EXEMPLO (E)

Objeto do sofrimento: Minha mente.
Problema: Frenética. Sem foco.

EXEMPLO (F)

Objeto do problema: Os outros.
Problema: Não reconhecem meu valor.

EXEMPLO (G)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Podem me fazer mal.

EXEMPLO (H)

Objeto do sofrimento: Novidades (atividades fora da rotina).
Problema: Muita coisa para lidar.

EXEMPLO (J)

Objeto do sofrimento: Emprego atual.
Problema: Não encaixa comigo.

EXEMPLO (K)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Me fazem exigências (expectativas).

EXEMPLO (L)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Não sei dizer não ao que me pedem.

03 | SENTIMENTO

IDENTIFIQUE SEU SENTIMENTO.

Como você se sente em relação ao objeto do seu sofrimento? Descreva seu sentimento através de um adjetivo e através de uma metáfora.

Exemplos

EXEMPLO (A)

Objeto do problema: Aparência física e intelectualidade.
Problema: Me acho feia e burra.
Me sinto: Menos do que os outros (baixa estima)
Metáfora: Patinho feio.

EXEMPLO (B)

Objeto do sofrimento: Os homens.
Problema: Não entendem meu amor por eles.
Me sinto: Desvalorizada.
Metáfora: Cristal ignorado

EXEMPLO (C)

Objeto do sofrimento: Outros seres humanos.
Problema:  Não tem cérebro, não pensam.
Me sinto: Estressada.
Metáfora: Uma mente em chamas

EXEMPLO (D)

Objeto do sofrimento: Vida financeira.
Problema: Falta dinheiro para sobrevivência.
Me sinto: Desprotegido.
Metáfora:  Daniel na selva

EXEMPLO (E)

Objeto do sofrimento: Minha mente.
Problema: Frenética e sem foco.
Me sinto: Cansada.
Metáfora: Buscando colo.

EXEMPLO (F)

Objeto do problema: Os outros.
Problema: Não reconhecem meu valor.
Me sinto: Desprezada.
Metáfora: Boba da corte.

EXEMPLO (G)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Podem me fazer mal.
Me sinto: Aterrorizado
Metáfora: Criança em baixo da cama.

EXEMPLO (H)

Objeto do sofrimento: Novidades (atividades fora da rotina).
Problema: Muita coisa para lidar.
Me sinto: Inadequada
Metáfora: Índio tentando mexer num Smartphone

EXEMPLO (J)

Objeto do sofrimento: Emprego atual.
Problema: Não encaixa comigo.
Me sinto: Inadequada.
Metáfora: Circulo tentando encaixar no quadrado.

EXEMPLO (K)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Me fazem exigências (expectativas).
Me sinto: Sugada.
Metáfora: ???

EXEMPLO (L)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Não sei dizer não ao que me pedem.
Me sinto: Esgotada e sem vida própria
Metáfora: ???

04 | PERSONAGENS

PERSONIFIQUE O OBJETO DO SEU SOFRIMENTO E SEU SENTIMENTO

Transforme o objeto do seu problema em um personagem (outro). Pode ser coisa, bicho, planta, figura imaginária, pessoa conhecida, pessoa famosa, pode ser qualquer imagem, apenas procure fazer com que a imagem escolhida seja simbólica do objeto do seu problema.

Transforme seu sentimento em um personagem (eu). Pode ser coisa, bicho, planta, figura imaginária, pessoa conhecida, pessoa famosa, pode ser qualquer imagem, apenas procure fazer com que a imagem que escolher para você seja simbólica de como você se sente em relação ao objeto do seu sofrimento.

Exemplos

EXEMPLO (A)

Objeto do problema: Aparência física e intelectualidade.
Problema: Me acho feia e burra.
Me sinto: Menos do que os outros (baixa estima)
Metáfora: Patinho feio.
Outro: Eu de verdade
Eu: Eu de mentira

EXEMPLO (B)

Objeto do sofrimento: Os homens.
Problema: Não entendem meu amor por eles.
Me sinto: Desvalorizada.
Metáfora: Cristal ignorado
Outro:  Homem de gelo.
Eu: Mulher invisível.

EXEMPLO (C)

Objeto do sofrimento: Outros seres humanos.
Problema:  Não tem cérebro, não pensam.
Me sinto: Estressada.
Metáfora: Uma mente em chamas
Outro: Zumbi.
Eu: Saraiva.

EXEMPLO (D)

Objeto do sofrimento: Vida financeira.
Problema: Falta dinheiro para sobrevivência.
Me sinto: Desprotegido.
Metáfora: Daniel na cova dos leões
Outro: Cova dos leões
Eu: Daniel

EXEMPLO (E)

Objeto do sofrimento: Minha mente.
Problema: Frenética e sem foco.
Me sinto: Cansada.
Metáfora: Buscando colo.
Outro: Piloto.
Eu: Foguete.

EXEMPLO (F)

Objeto do problema: Os outros.
Problema: Não reconhecem meu valor.
Me sinto: Desprezada.
Metáfora: Boba da corte.
Outro: Corte.
Eu: Boba.

EXEMPLO (G)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Podem me fazer mal.
Me sinto: Aterrorizado
Metáfora: Criança em baixo da cama
Outro: Bicho Papão
Eu: Criança

EXEMPLO (H)

Objeto do sofrimento: Novidades (atividades fora da rotina).
Problema: Muita coisa para lidar.
Me sinto: Inadequada
Metáfora: Índio tentando mexer num Smartphone
Outro: Smartphone
Eu: Índio

EXEMPLO (J)

Objeto do sofrimento: Emprego atual.
Problema: Não encaixa comigo.
Me sinto: Inadequada.
Metáfora: Circulo tentando encaixar no quadrado.
Outro: Quadrado.
Eu: Círculo.

EXEMPLO (K)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Me fazem exigências (expectativas).
Me sinto: Sugada.
Metáfora: ???
Outro: Expectativas
Eu: Sem-expectativas

EXEMPLO (L)

Objeto do sofrimento: Os outros.
Problema: Não sei dizer não ao que me pedem.
Me sinto: Esgotada e sem vida própria
Metáfora: ???
Outro: Parasitas
Eu: Madre Teresa

05 | RECLAMAÇÃO

RECLAME DO OUTRO

Diga ao OUTRO tudo que você (EU) sente e pensa dele. Explique detalhadamente ao outro o que ele faz, o que ele é, e o que ele tem, que lhe faz sofrer.

Exemplos

EXEMPLO (A)

EU DE MENTIRA: … (reclamando com EU DE VERDADE) … Você é feia, burra e tapada. Não vejo nada bonito em você. Além de feia, ainda é burra. Assim é demais! É por isso que eu faço você ficar calada. Porque você não sabe conversar. Imagina que vexame se eu deixasse você falar! Todos iriam DESCOBRIR como você é medrosa, covarde, insegura, tímida. Você é a pessoa mais burra e idiota que eu conheço. Você é tão feia que eu tenho que passar horas concertando suas fotos antes de você posta-los no Facebook. Você é tão feia que eu tenho que te levar ao dentista e implorar para que ele faça um milagre nos seus dentes. Você é descontrolada. Não sabe lidar com nenhum tipo de sentimento seu, nem bom e nem ruim. Você não sabe ficar com raiva. Você não sabe ficar triste. Você não sabe ficar feliz. Você é  um desastre. Como uma pessoa pode ser assim, tão burra, feia, tapada e sem ação. Quando você resolve agir, é na impulsividade. Eu te odeio. Eu não te aceito.

 

EXEMPLO (B)

MULHER INVISÍVEL: … (reclamando com o HOMEM DE GELO) … Homem de Gelo, seu filha da puta!! Como me arrependo de ter te conhecido!! Como você é egoísta! É insensível! Só pensa em você. Só pensa no que é bom pra você. Só pensa nos seus interesses mesquinhos. Só pensa em tirar vantagem de alguém. Diz que ama, diz que me ama?… Que Mentira!! Você não sabe o que é amor. Você é incapaz de amar alguém. Não sabe me respeitar, cuidar de mim, ser meu amigo, meu companheiro. Nunca me enxerga. Nunca me dá valor. Só me usa para os seus próprios interesses. E quando vou embora, daí você me enxerga, e vem chorando pedir desculpas. Tanto que eu falo, que eu peço. Você acha que eu sou tonta para você pisar tanto em mim e eu continuar ao seu lado. Não mesmo! Então, foda-se as suas desculpas! Não estou aqui pra te ajudar a crescer. Estou aqui para ser amada, valorizada. Se você não enxerga isso, se não me dá valor, não sou eu que vou derreter o gelo dos seus olhos!! Seja homem porra!! Tenha respeito por você e pelos outros! Cresça!! Fui

 

EXEMPLO (C)

SARAIVA: … (reclamando com o ZUMBI) … Você é burro! É cegos! É omisso! É opressore e nem sabe usar isso de uma forma que traga prazer a você mesmo! Eu faço o trabalho que lhe cabe fazer, porque você é incompetente e folgado! Eu penso nos detalhes essenciais, para que as coisas que faz, não prejudique as pessoas que o cerca, porque você é um egoísta, arrogante e orgulhoso! Você só quer mostrar a um mundo que você não respeita, o seu status fajuto de fodástico. Você é um merda! Você vale menos que lixo! Você é tão burro que, vive tentando impressionar um mundo que você odeia! Um mundo que pra você, não tem valor algum. Em nenhum momento você pensa que a sua hipocrisia é que é asquerosa! Eu não suporto viver perto de você! Não suporto a sua burrice! Não suporto sua voz estridente a reclamar o tempo todo aos meus ouvidos! Eu odeio quando você reclama todos os dias das suas dores, como se realmente acreditasse que eu me importo. Eu odeio você dizendo o tempo todo que tem mil doenças! FODA-SE! Eu não me importo! Vc é ridículo tentando me falar do seu Deus e dessa bíblia de bosta que você tem na cabeceira da cama, apenas juntando pó, porque a sua hipocrisia não permite que você admita que, assim como eu, você quer mais é que tudo isso se foda! Eu não suporto que fique aí me dizendo que é certo ser assim, é certo ser assado. Você é a pessoa mais errada que existe no planeta! Vive num mundo que só existe pra você. Onde todos existem para te servir. Onde os sentimentos dos outros não tem importância. Aliás, sentimentos? Só você tem esse direito… sentir… Você é um covarde imbecil! Foge a qualquer chance de ser feliz, porque teme que todos sejam tão miseráveis quanto você mesmo é! Mas em nenhum momento pensa em mudar de atitude e assumir as rédeas da sua vida, e ser feliz, sendo verdadeiro. Você me fere com seu orgulho. Fica tentando me diminuir, sem se importar o quanto de valor que já te dei. Estou cansada de me decepcionar com você todo dia! Prefiro assumir que você é o lixo que é, e sofrer tudo de uma vez, sem me surpreender com sua capacidade de me mostrar uma nova monstruosidade todo dia. Enquanto você fica por aí tratando as pessoas como objetos, que só existem para satisfazer aos seus desejos, elas fazem o mesmo com você. E o sofrimento que isso te causa, esse é o que te desejo, que se eternize a cada segundo. Que você sofra! Que toda dor te consuma! E que, se um dia você voltar do coma, volte alguém melhor! Mas hoje, o que eu desejo pra você, é que sofra no inferno mental, nessa terra do nunca interminável que vocêc mesmo constrói todo dia. Seu infantil miserável!

 

EXEMPLO (D)

DANIEL: … (reclamando com a COVA DOS LEÕES) … Logo quando acordo você já está me sufocando, deixando tudo preto, escuro, sem saída. Fico completamente apavorado com você, não sei o que fazer. Quero ficar longe de você, gostaria que você não existisse. Enxergando sua grandeza, vejo que quer me ensinar algo, mas tudo em você é hostil. Fico paralisado, com muito medo, com todos seus perigos. Surgem feras de dentro de você. Pulam a todo momento em cima de mim. Você é muito gigante, fico aprisionado, extremamente oprimido sem respirar. Meu único desejo e me livrar de você e desse sofrimento que você me causa.

 

EXEMPLO (E)

FOGUETE: … (reclamando com o PILOTO) … Meu caro piloto, alguma coisa está acontecendo que vc não tem me conduzido satisfatoriamente. Creio que vc deve saber que sem as devidas atenções e orientações eu me perco. Estou me sentindo incapaz de enfrentar tantas horas de vôo. Você não me permite descansar (dormir), vc quer fazer muitas coisas ao mesmo tempo, tem planos demais, se ocupa com mil preocupações e eu vou ficando relegado. Preciso relaxar, preciso que vc me de uma direção de cada vez e que não fique sempre mudando a rota e me fazendo mudar o vôo. Meu motor e a minha fuselagem estão pedindo um tempo, pedindo que vc saia do automático e comece a se dedicar mais a mim, estou carente, quero atenção cuidado e descanso.

 

EXEMPLO (F)

BOBO: … (reclamando com a CORTE) …

Olha aqui! Presta atenção! Tenho duas faculdades. Duas pós graduações. Passei em quatro vestibulares na federal de Uberlândia, fiz um semestre de mestrado em genética. Sou qualificada. Com quem vocês pensam que estão falando! Eu não sou um lixo. Vocês são tudo uns bosta. Uns burro, umas anta, umas toupeiras. Eu já tive até crise de pânico em 2014 por causa de vocês. Devido a falta de reconhecimento de vocês. Devido a vocês virem cantar no meu terreiro. Devido a excesso de trabalho em trabalhar por vocês, uma vez que vocês são uns incompetentes. Vocês são a causa de todo meu sofrimento. Brigo com vocês na esperança de que despertem para (A) verdade absoluta de que vocês têm que ser igual a mim, competentes igual a mim, trabalhadores como eu, cooperativos, solidários, justos, tudo igual a mim. Eu acho que sou um exemplo, mas vocês me tratam como se eu fosse uma desqualificada. Já estou cansada de conviver com vocês. Vocês ficam recitado leis e códigos mortos. Acho isso um saco. Acho que isso tudo é irrelevante e repetitivo. Vocês ficam se gabando desse conhecimento morto e inútil. Se fosse útil, as pessoas estariam vivendo com mais justiça. Vocês são um bando de gente que só quer ganhar dinheiro e fica se vangloriando de serem os donos da justiça. Os distribuidores da justiça. Estou falando com todos. Vocês estão todos presos em uma máquina de legalidade morta e injusta. E ficam mantendo isso tudo. Eu falo as coisas que podem mudar e melhorar, mas sou ignorada. Já desisti de falar. Agora estou isolada. Não tenho mais ânimo. Ontem naquele seminário eu ficava olhando vocês. São os reis da oratória vazia. Os senhores da lei. E isso não é só no direito. É nos meios espiritualistas também. Prefiro uma pessoa materialista que assume o que quer, que vocês. Que falam de amor, mas são ávidos por dinheiro, por fama, por poder. Querem dominar. É isso que não aguento. Essa hipocrisia que esconde a merda embaixo do tapete. Não é nem merda mais, é um pântano. Os pés já nem aparecem mais. E tanto no trabalho, como no meio espiritualista eu sou tratada como um nadinha. Tenho raiva disso. Porque eu acho que o mundo só muda, se vocês reconhecerem o que estou dizendo. É preciso reconhecer. É preciso deixar de ser hipócrita. É preciso lavar a roupa porca que está escondida debaixo da própria cama e que já fede. Só que vocês insistem em ser diferente disso, ou seja, não entendem (A) verdade absoluta e ainda me desprezam. Tá tudo errado! Já estou para explodir. Que raiva! Que cansaço! Que estresse!

 

EXEMPLO (G)

CRIANÇA: … (reclamando com o BICHO PAPÃO) …Você me assombra desde que me entendo por gente! Não aguento mais essa pressão, essa tensão contínua. Minha vida, minha história, seria muito mais produtiva sem você no meu cangote o tempo todo dizendo que não posso, não devo, não consigo, que é tarde demais… Você transforma minha vida num arremedo, numa limitação excessiva, me faz acreditar que eu sou assim e pronto! Cara, você não tem ideia de como é ruim engolir sapos, papar moscas, ficar de estômago embrulhado cada vez que te vejo! Até nos sonhos você não me deixa em paz!! Você devia se envergonhar de perturbar uma criança por tanto tempo! Eu estou de saco cheio de você, já deu o que tinha que dar! Quero crescer e aparecer, mas você não deixa, parece que sente prazer com minha derrota. Você fica cheio de razão quando me vejo rejeitado, excluído, desanimado, humilhado! Só falta dizer “tá vendo como você é? Não tem jeito, o mundo não te quer saber de você!”. Não bastasse ficar o tempo todo na minha cola você ainda sobe nas minhas costas com todo seu peso e fedor, triste situação! Por sua causa sou alvo de chacotas, de pessoas sem noção. Não dá mais para seguir com seu peso cara, me de deixa em paz! Eu quero viver!

 

EXEMPLO (H)

ÍNDIO: … (reclamando com o SMARTPHONE) … Tá tudo sobre controle! Tudo tranquilo! Tudo como sempre é! Tudo na santa paz! É só você surgir que começa o inferno! Entro em pânico. Fico apavorada. Perco o chão. Você é o demônio. Você me força a estudar. Você me força a aprender. Você me força a me re-organizar. Você me força a fazer coisas que não estou acostumada. Coisas que nem sei fazer. Fico loca. Biruta de tudo, pois você não vem com manual de instrução para me explicar como faço para lidar com você. E quando entendo como lidar com um botão seu, tem mil outros botões. Aff! Por sua culpa fico em frangalhos, você me tira o prazer de muitos aspectos da vida. Você é uma MERDA na minha vida. Sem você, viver seria fácil e confortável. Com você viver é complicado e desconfortável.

 

EXEMPLO (J)

CÍRCULO: … (reclamando com o QUADRADO) … Senhor Quadrado, não me encaixo em você. Tentar fazer isso me deixa doente e cansada. Me deixa sem tempo para os meus filhos. Me deixa sem tempo para ler livros. Além do que você nem me recompensa bem por isso. Mas é como se eu estivesse presa em você. Tentei encaixar minha circunferência em sua quadratura, achei que ia dar certo, não deu certo, mas agora fiquei presa em você.

 

EXEMPLO (K)

SEM-EXPECTATIVA: … (reclamando com as EXPECTATIVAS) … Ei expectativas! Sem essa de vir me rotular e me enquadrar. Só porque não me encaixo nas suas fôrmas. Só porque não sou  imagem e semelhança do seu desejo. Cada um é cada um! Não sou você. Sou única. Sou impar-feita. Eu não sou seu reflexo. Seja mais tolerante com minhas falhas. Tenho limites. Me veja como sou.  Me escute. Você nem me ouve. Só culpa por eu não o que espera que seja. Sou mais do que seu olho pode ver. Não importa que nao sou o que você quer. Não é minha culpa sua projeção. Quando faz isso, fico me achando impotente e desvalorizada. Me sinto julgada. Chega de expectativas. Não aceito mais.

 

EXEMPLO (L)

MADRE TERESA: … (reclamando com os PARASITAS) … Para começar esse é o exato horário em que minha vida volta a ser realmente minha (00:53 aqui) e eu posso pensar em fazer alguma coisa que eu goste. Mas me esgoto com vocês, fico literalmente acabada, sem energia. E para cuidar de vocês, durmo muito pouco. Vocês sabem que tenho problemas em dizer não, pois quero que vocês me amem, que gostem de mim. Não quero gerar brigas. E vocês se aproveitam disso. Abusam de mim. Sempre abro mão de cuidar da minha vida para cuidar da vida de vocês. Resultado: não tenho vida própria. Não estou nem um pouco contente com meu trabalho (não consigo me dedicar a ele como gostaria) trabalho muito para ganhar pouco. Não dá! Queria fazer alguma coisa que me desse tranquilidade financeira e cada dia fica mais difícil porque cada dia tenho que cuidar mais da vida de vocês. Todo dia tenho que me organizar “magicamente” para dar conta de tudo que não é responsabilidade minha, ou pelo menos, não é só minha. Por conta do parasitismo de vocês, tenho uma rotina que só me esgota e só me traz insatisfação. Queria mudar, fazer outras coisas, viver minha vida. Mas o parasitismo de vocês não deixa. Estou cansada. Sempre que eu tento me livrar do parasitismo de vocês, alguma coisa acontece e desmorona o minha chance de ter minha própria vida. Vocês brigam comigo. Me prendem com julgamentos e rejeição. Dai desisto de mim mesmo para continuar presa ao parasitismo de vocês. E o pior de tudo! Eu faço tudo por vocês, dou meu sangue, mas vocês sequer ligam para o que eu faço. Me tratam como se estivesse apenas fazendo minha obrigação. Mas se deixo de fazer ou faço errado, daí a condenação e tortura são eternas. Sofro muito e o parasitismo de vocês me faz afundar cada vez mais no sofrimento. O pouco de alegria que tenho na vida ainda “desfruto” com gosto de culpa.

06 | PERGUNTA

FAÇA PERGUNTAS AO OUTRO

Pergunte ao OUTRO tudo que você (EU) queira saber dele.

Exemplos

EXEMPLO (A)

EU DE MENTIRA: … (fazendo perguntas a EU DE VERDADE) …

Por que você é tão feia?
Por que é tão burra?
Por que você não nasceu bonita e inteligente?

 

EXEMPLO (B)

MULHER INVISÍVEL: … (fazendo perguntas ao HOMEM DE GELO) …

O que você espera de mim?
Porque diabos você diz que me ama, me procura, se não quer me ver feliz?
Porque minha felicidade te parece algo tão insignificante?
Amor é sentir prazer em ver o outro feliz. Então porque tanta negligência, tanta indiferença?
Porque me chamar de filha, de esposa, de namorada, de amor da minha vida, se você sequer me enxerga?
Para você o meu amor e sentimentos sempre foram invisíveis?
Alguma vez você se colocou no meu lugar e tentou imaginar como eu me senti todas as vezes que você me tratou com desprezo, desamor e distância?
Por que você simplesmente não me deixou viver minha vida? Porque querer viver ao meu lado se era para fazer sofrer? Se você não me amava de verdade?
Por que tantas promessas, tantos sonhos?
Por que, quando eu já cansada de tanto sofrer vou embora, você chora pedindo desculpas e reconhece seus erros?
Se você sabe que está me maltratando, por que faz isso?

 

EXEMPLO (C)

SARAIVA: … (fazendo perguntas ao ZUMBI) …

Por que você insiste em manter essa postura, sabendo q está t trazendo sofrimento?
Por que você magoa as pessoas, isso te dá prazer?
Por que você prefere manter foco na vida alheia ao invés de manter foco na sua própria?
Por que você não se importa com o meu sofrimento?
Por que você acha que vou/vão traí-lo o tempo todo?
Você também tem sonhos?
Você acha certo que EU correr atrás dos seus sonhos pra você?
Por que você não trabalha fazendo o que sabe fazer em vez de ficar me difamando?
Não vê que isso não muda quem você é?
Por que a bíblia é tão importante pra você?
Por que você usa Deus? Pra que serve Deus?
Por que você acha que prejudicando a mim aqui, e doando dinheiro para outro ali, vai te redimir?Qual é a lógica nisso?
Por que você me aponta como um problema na sua vida se eu te faço bem?
Por que é tão difícil aceitar que eu estou sendo sincera?
Por que é tão difícil acreditar quando digo que amo?
Você não se acha digno de receber amor? Por que não?
Por que você acha sempre q precisa parecer q tem mais grana do q tem d vdd? Já se imaginou nessa situação? O q mudaria?
Por que você se veste para impressionar pessoas q vc não gosta?
Por que você não usa seu dinheiro para ter prazer? Viajar, comer aquilo q sempre tem vontade, enfim.
Por que você armazena anos de materialismo nas suas gavetas?
Por que você não consegue ajudar quem realmente precisa?
Por que você acha que está vivo?
Por que minhas palavras te ofendem?
Por que minhas perguntas te ofendem?
Por que minha existência te ofende?

 

EXEMPLO (D)

DANIEL: … (fazendo perguntas a COVA DOS LEÕES) …

Porque não posso ter paz?
Você veio para me ensinar algo ou vou sofrer até o fim?

 

EXEMPLO (E)

FOGUETE: … (fazendo perguntas ao PILOTO) …

Por que você tem tanta má vontade em relação a mim?
Por que ignora as minhas necessidades básicas?
Por que você insiste em não se disciplinar pra que possamos ser uma equipe como de fato somos.
Por que você me castiga quando algo em mim te desagrada?
Por que você insiste em ignorar que sem foco, sem assumir as suas tarefas até o fim e com assiduidade, eu não tenho como cumprir o que me cabe?

EXEMPLO (F)

BOBA: … (fazendo perguntas a CORTE) …

Por que vocês me desprezam?
Por que me tratam como se eu fosse menos que vocês?
Por que não me dão valor?
Por que me ignoram?
Por que não me elogiam?

 

EXEMPLO (G)

CRIANÇA: … (fazendo perguntas ao BICHO PAPÃO) …

Bicho papão por que me persegues?
Por que faz da minha vida essa limitação?
Por que você existe?
Por que invade até meus sonhos?
O que faço para você me deixar em paz?
O que faço para que me deixe viver minha história?

 

EXEMPLO (H)

ÍNDIO: … (fazendo perguntas ao SMARTPHONE) …

Por que você vem me tirar a paz, o sossego?
Por que você é tão complicado?
Como faço para mexer em você?
Como lidar com seus mil botões?
O que você quer de mim?

 

EXEMPLO (J)

CÍRCULO: … (fazendo perguntas ao QUADRADO) … Quadrado, o q eu faço pra sair de você e me encaixar no meu lugar certo?

 

EXEMPLO (K)

SEM-EXPECTATIVA: … (fazendo perguntas para as EXPECTATIVAS) …

Por que você não é mais tolerante?
Por que você não tenta entender minhas dificuldades?
Por que você pensa que falho de proposito?
Por que você acha que tenho que ser do jeito que todo mundo é?
Por que você não procura saber sobre o que eu valorizo e o que é importante pra mim antes de me impor o que é importante para você?

 

EXEMPLO (L)

MADRE TERESA: … (fazendo perguntas aos PARASITAS) …

Por que vocês me tratam com tanta indiferença?
Por que vocês me sugam tanto?
Por que vocês me cobram tanto?
Vocês não sabem o mal que me fazem jogando toda essa carga sobre meus ombros?
Por que vocês nunca me perguntam o que eu quero e o que penso?
Por que vocês não me dão paz?
Por que vocês não me deixam viver minha vida?
É isso que vocês querem…me fazer sofrer?
É só isso que eu sou…uma escrava incompetente?
Por que vocês me odeiam tanto?
O que eu diz pra merecer tudo isso?

07 | RESPOSTA

RESPONDA AS PERGUNTAS

Coloque-se no lugar do OUTRO. SEJA O OUTRO. E responta as perguntas do EU.

Exemplos

EXEMPLO (A)

EU DE MENTIRA : Por que você é tão feia? Por que é tão burra? Por que você não nasceu bonita e inteligente?

EU DE VERDADE: Me deixa em paz, vive a tua vida, e deixa eu viver a minha. Eu não tenho o seu ideal de beleza. E para falar a verdade, eu sinto pena de você. Você nunca viveu e nem deixou ninguém viver. Você quer que eu sofra o seu sofrimento, mas é impossível, pois eu não sou você. Eu não sou você! Eu não fiz suas escolhas. Você só reclama e reclama o tempo todo. Eu não quero ser você, fiz o contrário de você toda a minha vida. Você passou mais de 50 anos vivendo com um homem que você falava que não  gostava, você é uma masoquista que casou com um sádico. Você nunca se deu oportunidade de refazer sua vida e falava que era por causa dos filhos. Você é uma medrosa .Você que fez tudo pra casar com o meu pai. Você sabia que ele era noivo já fazia 8 anos e amava essa outra mulher, mas você queria ele de qualquer jeito, então, não vem reclamar das suas escolhas. O meu pai não te dava valor porque você não se dava valor. Eu te falei várias vezes que você não era feliz porque essa felicidade que você procurava não estava no papai. Eu te falei que seu mal viver estava dentro de você mesma. Agora não vem com essa de querer que eu sofra por você, porque eu me cansei de você. Eu não sou você. Eu tenho vida própria e única, não é você que vai mais me fazer infeliz ou feliz. Eu sou eu. Você é você. Não importa o que você acha de mim ou deixa de achar. Não te devo satisfação da minha vida e não sei resolver problemas que cabe você resolver. Eu só posso agir por mim. Eu não posso te fazer feliz. Eu não sou você.

 

EXEMPLO (B)

MULHER INVISÍVEL:  O que você espera de mim?

HOMEM DE GELO: Que você seja você mesma.

MULHER INVISÍVEL:  Porque diabos você diz que me ama, me procura, se não quer me ver feliz?

HOMEM DE GELO: Mas eu quero te ver feliz e te procuro porque gosto de estar perto de você.

MULHER INVISÍVEL:  Porque minha felicidade te parece algo tão insignificante?

HOMEM DE GELO: Mas eu te vejo feliz. Você não é infeliz…

MULHER INVISÍVEL:  Amor é sentir prazer em ver o outro feliz. Então porque tanta negligência, tanta indiferença?

HOMEM DE GELO: Você é livre, independentemente, resolve tudo sozinha, não sabia que meu comportamento parecia indiferente, achei que você estava bem consigo mesma.

MULHER INVISÍVEL: Porque me chamar de filha, de esposa, de namorada, de amor da minha vida, se você sequer me enxerga?

HOMEM DE GELO: Mas eu te enxergo, eu te admiro, eu queria ser como você. Tenho orgulho de te chamar de filha, de esposa, namorada, mas não me sinto digno disso muitas vezes.

MULHER INVISÍVEL: Para você o meu amor e sentimentos sempre foram invisíveis?

HOMEM DE GELO: Seu amor e sentimentos sempre foram sentidos, mas você sabe expressar amor, eu não sei, mas isso não significa que não há amor

MULHER INVISÍVEL: Alguma vez você se colocou no meu lugar e tentou imaginar como eu me senti todas as vezes que você me tratou com desprezo, desamor e distância?

HOMEM DE GELO: Sim, e me doeu muito saber que minha incapacidade de expressar meu amor te causou mágoas, mas eu não consigo ser como você e expressar amor da forma como você faz.

MULHER INVISÍVEL: Por que você simplesmente não me deixou viver minha vida?

HOMEM DE GELO: Você sempre foi livre e viveu sua vida.

MULHER INVISÍVEL: Porque querer viver ao meu lado se era para fazer sofrer? Se você não me amava de verdade?

HOMEM DE GELO: Eu não imaginei que te faria sofrer, escolhi viver ao seu lado porque me fazia bem. Eu amo de verdade, mas não expresso da mesma forma que você.

MULHER INVISÍVEL: Por que tantas promessas, tantos sonhos?

HOMEM DE GELO: Porque eu queria que tudo isso tivesse acontecido, mas fui incapaz de realizar.

MULHER INVISÍVEL: Por que, quando eu já cansada de tanto sofrer vou embora, você chora pedindo desculpas e reconhece seus erros?

HOMEM DE GELO: Porque não quero que você vá e quero que me perdoe por não ser como você, pela minha incapacidade de expressar meu amor.

MULHER INVISÍVEL: Se você sabe que está me maltratando, por que faz isso?

HOMEM DE GELO: Você é tão forte e resolvida que eu quero mostrar a minha força a você, quero chamar sua atenção, tenho medo de você perceber que me sinto fraco perto de você, quero que você me ame mesmo eu sendo assim tão fraco, com isso acabo te fazendo mal.

 

EXEMPLO (C)

SARAIVA: Por que você insiste em manter essa postura, sabendo que está trazendo sofrimento?

ZUMBI: Porque é mais fácil e não acho que estou sofrendo.

SARAIVA: Por que você magoa as pessoas, isso te dá prazer?

ZUMBI: Me traz alívio saber que ninguém está melhor que eu.

SARAIVA: Por que você prefere manter foco na vida alheia ao invés de manter foco na sua própria?

ZUMBI: Na maioria das vezes, não percebo isso, e penso que diminuindo os outros, eu pareço maior.

SARAIVA: Por que você não se importa com o meu sofrimento?

ZUMBI: Porque não sinto o sofrimento de ninguém.

SARAIVA: Por que você acha que vou/vão traí-lo o tempo todo?

ZUMBI: Porque é o que EU mesmo faço.

SARAIVA: Você também tem sonhos?

ZUMBI: Sim. Mas nunca encontro tempo de realiza-los. Muito mais fácil viver o sonhos dos outros.

SARAIVA: Você acha certo EU correr atrás dos seus sonhos pra você?

ZUMBI: Acho. Penso que é para isso que você existe.

SARAIVA: Por que você não trabalha fazendo o que sabe fazer em vez de ficar me difamando?

ZUMBI: Porque não quero. Tenho preguiça. Me acho esperto quando não faço o que fui pago para fazer, e você acaba fazendo tudo. Com o tempo, nem percebo que não é sua obrigação, então, quando vejo que tudo pode se perder, preciso evidenciar falhas suas (mesmo as que não existem), para não sair da minha zona de conforto.

SARAIVA: Não vê que isso não muda quem você é?

ZUMBI: Não consigo enxergar porque não quero.

SARAIVA: Por que a bíblia é tão importante pra você?

ZUMBI: Porque é. Fui ensinado que era assim, e sigo assim.

SARAIVA: Por que você usa Deus? Pra que serve Deus?

ZUMBI: Para adorar. Se ele está contente, estou bem.

SARAIVA: Por que você acha que prejudicando a mim aqui, e doando dinheiro para outro ali, vai te redimir? Qual é a lógica nisso?

ZUMBI: Não acho que te prejudico, acho que ME ajudo. Ajudar as pessoas com dinheiro é fácil. Não precisa de lógica. Você que quer explicação para tudo.

SARAIVA: Por que você me aponta como um problema na sua vida se eu te faço bem?

ZUMBI: Porque você me parece sempre em paz. Parece que só você tem o direito de estar feliz, e eu não. Não gosto disso.

SARAIVA: Por que é tão difícil aceitar que eu estou sendo sincera?

ZUMBI: Porque ninguém é.

SARAIVA: Por que é tão difícil acreditar quando digo que amo?

ZUMBI: Porque ninguém nunca disse. E não me acho merecedor disso. É inacreditável, não pode ser verdade.

SARAIVA: Você não se acha digno de receber amor? Por que não?

ZUMBI: Porque sou feio, porque não sou bom, porque não sou legal, porque não tenho grana, porque bebo, porque fumo, porque minhas piadas não tem graça. Se vc não faz nada disso, é porque pra vc, td isso é ruim. Então não pode me amar.

SARAIVA: Por que você acha sempre que precisa parecer q tem mais grana do que tem de verdade? Já se imaginou nessa situação? O que mudaria?

ZUMBI: Acho que você me amaria de verdade. Dinheiro muda tudo.

SARAIVA: Por que você se veste para impressionar pessoas que vc não gosta?

ZUMBI: Por que não suporto que pensem que sou menos que elas.

SARAIVA: Por que você não usa seu dinheiro para ter prazer? Viajar, comer aquilo que sempre tem vontade, enfim?

ZUMBI: Porque preciso escolher me vestir bem ou viajar. Se viajar, comprarei menos roupas. Minha aparência diante das pessoas vai parecer pior.

SARAIVA: Por que você armazena anos de materialismo nas suas gavetas?

ZUMBI: Sempre posso vir a precisar de tudo que tenho. Se jogar fora, em algum momento precisarei comprar de novo.

SARAIVA: Por que você não consegue ajudar quem realmente precisa?

ZUMBI: Ajudo dando dinheiro.

SARAIVA: Por que você acha que está vivo?

ZUMBI: Para não fazer mal á ninguém (matar, roubar) e ir para o céu quando morrer.

SARAIVA: Por que minhas palavras te ofendem?

ZUMBI: Porque você fala coisas que não quero ouvir. Me coloca como vilão na situação. Eu sou bom, nunca matei, nem roubei ninguém.

SARAIVA: Por que minhas perguntas te ofendem?

ZUMBI: Porque você me coloca em nível de igualdade com todo mundo. Não sou igual, sou melhor.

SARAIVA: Por que minha existência te ofende?

ZUMBI: Porque você vive sua vida e eu quero que você viva a minha. Quero paparico. Quero a SUA atenção. Quero o SEU carinho. Você não me dá o que quero.

 

EXEMPLO (D)

DANIEL: Porque não posso ter paz?

COVA DOS LEÕES: Porque esta é natureza do jogo na selva, enquanto não cumprir tudo missão, não terá paz. Para adquirir paz você tem que ser independente na selva. Eu sei que é cruel, mas é a lei da selva. Então, vive, cada dia, mesmo que vive toda essa vida lutando.

DANIEL: Você veio para me ensinar algo?

COVA DOS LEÕES: Estou aqui para te mostrar que você está vivo. Te mostro isso todos os dias, todas as horas, todos os minutos, e todos os segundos. Então, vive, Daniel. Pois você está vivo. É isso que quero te dizer. Por mais que negue sua vida, que negue que exista, você está vivo. Aceite, só isso.

 

EXEMPLO (E)

FOGUETE: Meu caro piloto, quando viemos pra cá, fizemos um acordo, impossível de ser desfeito. Ou estamos juntos ou fundamos juntos, e eu sei que vc é bastante consciente desta realidade, então vão perguntas, que espero que te sirva de reflexão, em relação a mim, ok? — Piloto eu sou o seu veículo, não sei o que faz vc me dar o sentimento de que quer se livrar de mim, perceba que estas emoções são muito sérias, que eu não tenho como viajar sem que vc esteja comigo e que vc. jamais, conseguirá seguir sem mim. Portanto melhor seria que voltássemos a ter uma comunicação mais sensata e equilibrada, pq querer seguir me ignorando é loucura perigosa, sem piloto posso me desintegrar.

FOGUETE:  Por que você tem tanta má vontade em relação a mim?

PILOTO: Isso não é verdade, posso estar em uma fase complicada, mas sempre me ocupei de você. Me alimento bem, vou à médicos, me restrinjo de muitas coisas para te manter em bom funcionamento. Na realidade, você sim é que é exigente em demasia, você sim é que só quer viver voando, não eu. Você se comporta como se não possuísse autonomia nenhuma e isso não é realidade. Quando você está cansado, qdo está com sono, qdo está com frio, qdo está com sono, com fome, com sede, você avisa e se demorar, você exige, então como é essa total dependência, para vir com perguntas de bonzinho e pobre coitado!.

FOGUETE:  Por que ignora as minhas necessidades básicas?

PILOTO:  Dizer que ignoro suas necessidades básicas é chantagem, mas em contrapartida, você ignora as minhas necessidades básicas. Quando estou querendo sair, caminhar, você se coloca cansado, qdo quero estar com pessoas, vc se coloca enjoado. Se penso em ir fazer ginástica, a sua preguiça me impede. Então, vc tem colesterol alto desde os nossos 25 anos, agora arrumou uma tal de síndrome metabólica sacal, os nódulos na tireoide me deixam com voz de velha, tenho que estar acompanhando isso com exames. Então quem oprime quem aqui seu foguete de meia tigela.

FOGUETE: Por que você insiste em não se disciplinar pra que possamos ser uma equipe como de fato somos.

PILOTO:  Vc não consegue ver que estou com depressão? Vc não vê que vc se quebrou, que vc passou mal na operação e que fomos parar na UTI, pq vc decidiu perder o ar e ficar roxo?
Como assim equipe, se a depressão que sentimos é endógena, vem de vc. O seu sistema endócrino é de foguete de segunda, seu mi mi mi.

FOGUETE: Por que você me castiga quando algo em mim te desagrada?

PILOTO: Exatamente porque perco a paciência, pq se eu deixar me transformo numa escrava tua, lixando, penteando, lavando, alimentando, vestindo, enquanto vc só reclama. Tá frio, tá quente, tá cansado, ta com dor, ta com fome, tá com sono…….caramba.

FOGUETE: Por que você insiste em ignorar que sem foco, sem assumir as suas tarefas até o fim e com assiduidade, eu não tenho como cumprir o que me cabe?

PILOTO:  Então, me ajuda também, deixa a preguiça de lado, não fica cansado no meio do trajeto. Olha só foguete, sei que somos inseparáveis, sei que vc é até um foguete bonitinho, que já tem uns bons anos de voo, que curtimos algumas juntos, mas ultimamente vc não está correspondendo ao meu pique de voo, então, tenho tido má vontade sim e espero que vc reaja e comece a ficar mais esperto, pq na real, vc tá de preguiça com essa deprê eternizada e isso tá me cansando, to impaciente contigo, vc tá se comportando como um foguete de araque, ta mais pra teco teco, então pedir socorro pq eu to loca, não é muito negócio não. Ando bem cansada sim, bastante, mas vc precisa me ajudar, pq se não durmo, devo á vc tbém.

 

EXEMPLO (F)

BOBA: Por que vocês me desprezam?

O que? Não entendemos sua pergunta. Você tem algum problema? A gente não está nem te vendo. Estamos aqui, trabalhando, fazendo sucesso, cuidando da nossa vida. Não temos tempo para ver você, para te assistir. Temos que cuidar dos nossos negócios, dos nossos planos, dos nossos interesses. E você quer que sejamos sua platéia?????…. kkkkkk… É pra matar essa. A gente não tá querendo nem ver o papa, quanto mais você!!!! Olha, presta atenção. Você é legal, mas nós temos a nós. Sacou? Quer saber qual é nosso mais novo projeto? Sucesso, dinheiro, poder. Nós queremos, nós podemos. A gente faz o que quer, e quando não dá, a gente corre pra outro lado. E você vem com essa conversa besta. Ahhhhh!! Se manca!! Tem dó!! Vai fazer terapia, cuidar da cabeça. Você está com neura… Desgruda!!

BOBA:  Por que me tratam como se eu fosse menos que vocês?

Heinnnnn!! Ah nein… Não dou conta. Alguém aí tem resposta pra tanta chatice. Algum galo pode dizer pra ela que isso é neura. Já dissemos. Vai cuidar da sua vida. Esquece a gente. Quer saber? Você está enchendo nosso saco com esse mimimimi.. Vai se realizar, vai ser feliz, vai pra cachoeira esfriar a cabeça. Que menos, que mais…Se você acha que somos mais, é porque somos mesmo. E vamos ser cada vez mais. Porque podemos e somos os melhores galos do universo. Vai resolver seu problema de menos, mimimimi, que saaaaacoooooo!

BOBA:  Por que não me dão valor?

Chama a polícia, a ambulância, Deus, os anjos agora. Só eles pra aguentar. Nossa!! Coitada. Ela quer valor! Quer que a gente pare tudo e seja a platéia dela. Ela quer dar show. Quer saber? É isso que você quer. Quer dar show e fazer a gente ficar sentado te assistsindo. Ela quer ser mais que a gente!! É isso!!! Ela quer ser o galo master e posar pra gente. E a gente ficar dizendo: ohhhh!! como ela é valorosa!!! Como tem valor!!! Quer saber, ow chata. Vai se dar valor! Com esse discursinho dá pra ver que quem não se valoriza é você e quer que o universo fique te bajulando.

BOBA: Por que me ignoram?

Não vamos nem te responder. Estamos te ignorando.

BOBA: Por que não me elogiam?

kkkkkkkkkkkkkkk…. Quer um elogio, é??? Vai tomar no cu! Esse é o elogio. Vai cuidar da sua vida, vai se realizar. Esquece a gente.

 

EXEMPLO (G)

CRIANÇA: Bicho papão por que me persegues?

BICHO PAPÃO: Porque você me alimenta, você acredita em mim, então eu me apeguei a você!

CRIANÇA: Por que faz da minha vida essa limitação?

BICHO PAPÃO: Para você continuar me alimentando.

CRIANÇA: Por que você existe?

BICHO PAPÃO: Porque você me criou.

CRIANÇA: Por que invade até meus sonhos?

BICHO PAPÃO: Porque nos sonhos você pode me ver!

CRIANÇA: O que faço para você me deixar em paz?

BICHO PAPÃO: Cresça e apareça, então, sigo meu caminho.

CRIANÇA: O que faço para que me deixe viver minha história?

BICHO PAPÃO: Descubra o real significado da palavra coragem.

 

EXEMPLO (H)

ÍNDIO: Por que você vem me tirar a paz, o sossego?

SMARTPHONE: Eu não tiro a paz de ninguém eu trago a oportunidade de você sair da mesmice, deveria me agradecer.

ÍNDIO: Por que você é tão complicado?

SMARTPHONE: Eu sou o que sou. Esse objetivo (complicado)foi você quem disse.

ÍNDIO: Como faço para mexer em você?

SMARTPHONE: Eu é que sei? Você tem que fazer as coisas do seu jeito

ÍNDIO: Como lidar com seus mil botões?

SMARTPHONE: Vá aprendendo aos poucos. Conforme a necessidade vai surgindo.

ÍNDIO: O que você quer de mim?

SMARTPHONE: Eu só quero trazer o NOVO e com ele a possibilidade de renovação.

 

EXEMPLO (J)

CÍRCULO: O que eu faço pra sair de você e me encaixar no meu lugar certo?

QUADRADO:  Pra você sair de mim, você tem que pedir demissão de mim e caçar seu buraco, meu filho… Não tem outro jeito.

 

EXEMPLO (K)

SEM-EXPECTATIVA: Por que você não é mais tolerante?

EXPECTATIVAS: Por que essa é a maneira que quero. É um absurdo ser de outra maneira.

SEM-EXPECTATIVA: Por que você não tenta entender minhas dificuldades?

EXPECTATIVAS: Então as coloque claramente. No momento só tenho o meu ponto de vista.

SEM-EXPECTATIVA: Você pensa que falho de propósito?

EXPECTATIVAS: Não penso. Só que não te entendo. O melhor é do jeito que quero, mas você não vê isso.

SEM-EXPECTATIVA: Por que você acha que tenho que ser do jeito que todo mundo é?

EXPECTATIVAS: Porque é o melhor, é o esperado. E me deixa desnorteado você fazendo errado.

SEM-EXPECTATIVA: Por que você não procura saber sobre o que eu valorizo e o que é importante pra mim antes de me impor o que é importante para você?

EXPECTATIVAS: Eu penso que o que é importante para mim, é para você e para todo mundo. É o melhor jeito. O que me faz feliz, é o que te fará feliz também. É a felicidade. O que é confortável para mim, também é para você. É o melhor.

 

EXEMPLO (L)

MADRE TERESA: Por que vocês me tratam com tanta indiferença? Por que vocês nunca me perguntam o que eu quero e o que penso?

PARASITAS: Bom, não vemos razão em nos preocupar com você, você sempre está bem, cuida de tudo e sempre resolve seus problemas sozinha.

MADRE TERESA: Por que vocês me sugam tanto? Por que vocês me cobram tanto? Vocês não sabem o mal que me fazem jogando toda essa carga sobre meus ombros?

PARASITAS: Olha, vc se colocou nessa posição de tomar conta de tudo e de todos, você é controladora e algumas vezes nem deixa que a gente faça alguma coisa pra te ajudar,  não temos como adivinhar o q vc pensa e muito menos o q vc quer. Qdo precisamos de alguma coisa pedimos e vc nunca diz não,  então pensamos q esta tudo bem .

MADRE TERESA: Por que vocês não me dão paz? É isso que vocês querem…me fazer sofrer? Por que vocês me odeiam tanto? O que eu diz pra merecer tudo isso?

PARASITAS: Vc faz muito drama… nós tb não temos paz…estamos fazendo um monte de coisas…custa vc ajudar? …mas se não quiser tudo bem, se vira…faz o q vc quiser….mas um dia vc tb vai precisar de nós.

MADRE TERESA: É só isso que eu sou… uma escrava incompetente?

PARASITAS: Ai ai…q vitimismo…vc não é escrava…é vc q quer fazer tudo…ta certo q é muita coisa as vezes, mas vc sempre sabe o q fazer e faz melhor, e as crianças adoram ficar com vc, alem do mais vc aceita pq quer.

MADRE TERESA: Por que vocês não me deixam viver minha vida?

PARASITAS: Vc tem q parar de querer tomar  conta de tudo…resolver as coisas sozinha e ser tão teimosa….resolva a sua vida…vc não sai do lugar…faça algumas coisa…a gente se vira muito bem sem vc. Aliás vc tb precisa de nós as vezes. E se é esse seu problema resolva vc…decida o q quer e faça. Ninguém está te impedindo. E chega de mimimi.

08 | EXPLICAÇÃO

EXPLIQUE O QUE ENTENDEU

A função do seu sofrimento é lhe alertar sobre equívocos no seu jeito de viver que estão fazendo você viver mal. Só que seu sofrimento fala sofrimentês (linguagem emocional) e entendimento é lucidez (linguagem consciente). Para entender o que seu sofrimento lhe diz, você deve traduzi-lo em palavras (linguagem consciente). Do passo 01 ao passo 07 dessa egofonia você esteve traduzindo seu sofrimento em palavras. Agora que seu sofrimento está traduzido, nesse passo 08, explique o que entendeu. Ou seja, explique a si mesmo qual é o equivoco que você está cometendo no seu jeito de viver e que está fazendo você viver mal.

Exemplos

EXEMPLO (A), seu equívoco é acreditar que elogio destinado ao que é falso tem valor verdadeiro. Não tem. Por isso que você não se satisfaz com os elogios que você recebe, você sabe que o outro está elogiando uma mentira e não você de verdade.

EXEMPLO (B), seu equívoco é acreditar que as pessoas não enxergam sua singularidade (universalidade), na verdade, é você que não enxerga, nem a sua e nem o outro. Você é The One (única). Assim como cada um é One (único). Abra os olhos e enxergue a universalidade do universo.

EXEMPLO (C), seu equívoco é acreditar que existe VERDADE. Não existe. Existem VERDADES.  Sua verdade não é mais verdadeira que a verdade do outro, sua verdade é apenas diferente da verdade do outro.

EXEMPLO (D), seu equívoco é acreditar que viver bem = Vida Boa. Não é! Viver bem é lidar com o mal, com o ruim, com o desagradável, como o adverso, com o desconforto, com a decepção, com a injustiça, com a mentira, com a injuria, enfim, com os leões.

EXEMPLO (E) ELIANA, seu equívoco é acreditar que é possível resolver problemas fugindo dos problemas. Não é possível. Fazer isso é como tentar saciar a fome assistindo televisão.

EXEMPLO (F), seu equívoco é acreditar que existe superior e inferior, melhor e pior. Não existe. Só existe um diferente do outro. Então, quando se sentir inferior, lembre-se que não é o outro que é maior ou superior a você, é você que está de joelhos.

EXEMPLO (G) JORGE, seu equívoco é acreditar que é o outro que proíbe você de ser você e viver de acordo com sua vontade. Não é! O outro não tem esse poder. Ninguém tem poder sobre o livre-arbítrio do outro. Livre-abrítrio é incorruptível. Só você, através do seu arbítrio, pode se proibir ou se permitir ser você e viver de acordo com sua vontade.

EXEMPLO (H), seu equívoco é acreditar que existe perfeição. Não existe. Por isso você entra em desespero. Você quer ser perfeita, mas isso é impossível. Como você pode ser algo que não existe? Não existe perfeito, tudo é impar-feito.

EXEMPLO (J), seu equívoco é acreditar que liberdade é ir contra o outro. Não é! Tentar mudar o outro, tentar arredondar o quadrado, só mantém você escrava do outro, refém, prisioneira. Liberdade é ir a favor de si.

EXEMPLO (K), seu equívoco é acreditar que é possível controlar o livre-arbítrio do outro. Não é possível. Se fosse possível, você já teria conseguindo. Ou alguém já teria controlado o seu.

EXEMPLO (L), seu equívoco é acreditar que é possível comprar amor. Amor (afeto, valor, apreço) não se compra. Se você tem valor para o outro, tem. Se não tem, não tem. Nada compra amor verdadeiro (afeto verdadeiro, apreço verdadeiro).

09 | MUDANÇA

MUDE SEU JEITO DE VIVER

Seu equívoco faz você viver de uma forma equivocada, o que resulta em viver mal. Agora que está ciente do seu equívoco, se aconselhe um novo jeito de viver que resulte em viver bem.

Exemplos

EXEMPLO (A)

Não seja: falsa (tentando aparentar ser diferente do que é para ser aceita pelos outros).
Seja: verdadeira (exatamente do jeito que você é, aceitando a si mesma).

 

EXEMPLO (B)

Não seja: submissa a uniformidade (matrix de padrões), nem agente impositora de uniformidade.
Seja: autoísta (vivendo e deixando viver).

 

EXEMPLO (C)

Não seja: dona da verdade (querendo que o outro pense igual você).
Seja: autoísta (dando liberdade a si mesma de pensar diferente do outro e dando liberdade ao outro de pensar diferente de você).

 

EXEMPLO (D)

Não seja: mimado (esperando vida boa, vida sem problemas).
Seja: autoísta (vivendo bem mesmo na adversidade e produzindo a vida boa que você deseja)

 

EXEMPLO (E)

Não seja: escapista (tentando se livrar dos problemas através da fuga).
Seja: comprometida consigo mesma (focando no problema e na solução).

 

EXEMPLO (F)

Não seja: invejosa (tentando rebaixar o outro para ficar por cima, tentando diminuir o outro para ficar grande, tentando piorar o outro para ser THE BEST).
Seja: você ao máximo (subindo cada vez mais na realização de si, aumentando cada vez mais em suas competências, sendo cada vez mais uma melhor versão da Lucélia).

 

EXEMPLO (G)

Não seja: vítima (se rejeitando e colocando a culpa do seu mal viver no outro).
Seja: autoísta (se aceitando e vivendo bem consigo mesmo)

 

EXEMPLO (H)

Não seja: vaidosa (tentando aparentar ser perfeita).
Seja: você (impar-feita).

 

EXEMPLO (J)

Não seja: outroísta (indo contra o outro).
Seja: autoísta (indo a favor de si mesma).

 

EXEMPLO (K)

Não seja: autoritária (querendo exigir que o outro não tenha expectativas com você).
Seja: autoísta (dando liberdade a si mesma de viver de acordo com as suas expectativas e dando liberdade ao outro de ficar decepcionado com você).

 

EXEMPLO (L)

Não seja: manipuladora (tentando comprar amor).
Seja: autoísta (se dando liberdade de amar e odiar o outro, e dando liberdade ao outro de amar e odiar você).

10 | LEMBRETE

CRIE UM LEMBRETE E UMA HASHTAG

Transforme sua proposta de mudança em um conselho. Transforme seu equívoco em um lembrete. Crie uma hashtag (#) para se lembrar de ambos quando estiver sofrendo.

Exemplos

EXEMPLO (A), não seja falsa (tentando aparentar ser diferente do que é para ser aceita pelos outros). Seja verdadeira (exatamente do jeito que você é, aceitando a si mesma). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que elogio destinado ao que é falso não tem valor verdadeiro. Por isso que você não se satisfaz com os elogios que você recebe, você sabe que o outro está elogiando uma mentira e não você de verdade.

#eu_me_aceito

 

EXEMPLO (B), não seja submissa a uniformidade (matrix de padrões), nem agente impositora de uniformidade. Seja autoísta (vivendo e deixando viver). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que você é The One (única). Assim como cada um é One (único). Abra os olhos e enxergue sua universalidade e a universalidade de cada One.

#para_sair_da_matrix:_abra_los_ojos

 

EXEMPLO (C), não seja dono da verdade (querendo que o outro pense igual você). Seja autoísta (dando liberdade a si mesma de pensar diferente do outro e dando liberdade ao outro de pensar diferente de você). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que não existe VERDADE. Existem VERDADES.  Sua verdade não é mais verdadeira que a verdade do outro, sua verdade é apenas diferente da verdade do outro.

#cada_cabeça_um_universo

 

EXEMPLO (D), não seja mimado (esperando vida boa, vida sem problemas). Seja autoísta (vivendo bem mesmo na adversidade e produzindo a vida boa que você deseja). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que viver bem ≠ vida boa. Viver bem é lidar bem com o mal, com o ruim, com o desagradável, como o adverso, com o desconforto, com a decepção, com a injustiça, com a mentira, com a injuria, enfim, com os leões.

#viver_bem_é_lidar_bem_com_o_mal

 

EXEMPLO (E), não seja: escapista (tentando se livrar dos problemas através da fuga). Seja: comprometida consigo mesma (focando no problema e na solução). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que é possível resolver problemas fugindo dos problemas. Não é possível. Fazer isso é como tentar saciar a fome assistindo televisão.

#foco_é_solução_desfocar_é_o_problema

 

EXEMPLO (F), não seja: invejosa (tentando rebaixar o outro para ficar por cima, tentando diminuir o outro para ficar grande, tentando piorar o outro para ser THE BEST). Seja: você ao máximo (subindo cada vez mais na realização de si, aumentando cada vez mais em suas competências, sendo cada vez mais uma melhor versão da Lucélia). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que não existe superior e inferior, melhor e pior. Só existe um diferente do outro. Então, quando se sentir inferior, lembre-se que não é o outro que é maior ou superior a você, é você que está de joelhos.

#eu_opto_ser_o_melhor_de_mim

 

EXEMPLO (G), não seja vítima (se rejeitando e culpando o outro pelo seu mal viver). Seja autoísta (aceitando a si mesmo e vivendo bem consigo mesmo) Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que o outro não tem o poder de impedir que você seja você e viva de acordo com sua vontade. Ninguém tem poder sobre o livre-arbítrio do outro. Livre-abrítrio é incorruptível. Só você, através do seu arbítrio, pode se proibir ou se permitir ser você e viver de acordo com sua vontade.

#só_eu_me_controlo

 

EXEMPLO (H), não seja: vaidosa (tentando aparentar ser perfeita). Seja: você (impar-feita). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que não existe perfeição. Por isso você entra em desespero. Você quer ser perfeita, mas isso é impossível. Como você pode ser algo que não existe? Não existe perfeito, tudo é impar-feito.

#errar_não_é_vergonha_é_aprendizagem

 

EXEMPLO (J), não seja: outroísta (indo contra o outro). Seja: autoísta (indo a favor de si mesma). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que liberdade não é ir contra o outro. Tentar mudar o outro, tentar arredondar o quadrado, só mantém você escrava do outro, refém, prisioneira. Liberdade é ir a favor de si.

#fé_em_mim_foda_se_o_resto

 

EXEMPLO (K), não seja autoritária (querendo exigir que o outro não tenha expectativas com você). Seja autoísta (dando liberdade a si mesma de viver de acordo com as suas expectativas e dando liberdade ao outro de ficar decepcionado com você). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que é impossível controlar o livre-arbítrio do outro. Se fosse possível, você já teria conseguindo. Ou alguém já teria controlado o seu.

#decepção_não_mata_ensina_a_lidar_com_expectativas

 

EXEMPLO (L), não seja manipuladora (tentando comprar amor). Seja autoísta (se dando liberdade de amar e odiar o outro, e dando liberdade ao outro de amar e odiar você). Quando estiver sofrendo, lembre-se disso, e LEMBRE-SE também, que não é possível comprar amor. Amor (afeto, valor, apreço) não se compra. Se você tem valor para o outro, tem. Se não tem, não tem. Nada compra amor verdadeiro (afeto verdadeiro, apreço verdadeiro).

#amor_falso_aprisiona_amor_verdadeiro_liberta

© 2018 · 1FICINA · Marcelo Ferrari