Decifra-me ou devoro-te

19/02/2024 by in category O que e matrix tagged as , , with 0 and 0

MORPHEUS: Você está aqui porque sabe de uma coisa. Uma coisa que não sabe explicar, mas você sente. Você sentiu a vida inteira. Tem alguma coisa errada com o mundo. Você não sabe o que é, mas está ali, como uma farpa em sua mente, te deixando louco. Foi essa sensação que eu trouxe aqui. Você quer saber o que é Matrix? Matrix está em toda parte, está à nossa volta. Mesmo agora, nesta sala aqui. Você a vê quando olha pela janela ou quando liga a televisão. Você a sente quando vai trabalhar. Quando vai à igreja. Quando paga seus impostos. É o mundo que acredita ser real… Infelizmente, não se pode explicar o que é Matrix. É preciso que veja por si. Esta é a sua última chance. Depois disto, não haverá retorno. Se tomar a pílula azul, fim da história. Vai acordar em sua cama e acreditar no que você quiser. Se tomar a pílula vermelha, fica no país das Maravilhas. Eu vou mostrar até onde vai a toca do coelho. Lembre-se! Estou oferecendo a verdade, nada mais.

Nessa cena, Morpheus representa o professor e Neo representa o aluno. Um professor desperto é como uma pessoa com visão e um aluno é como um cego. Por isso, mesmo que um professor diga a verdade explicita para o aluno, essa verdade não é compreendida. Essa cena é um exemplo disso. Morpheus diz para Neo: “Matrix está em toda parte. Está à nossa volta. Mesmo agora, nesta sala aqui. Você a vê quando olha pela janela ou quando liga a televisão. Você a sente quando vai trabalhar. Quando vai à igreja. Quando paga seus impostos”. Morpheus está explicando para Neo que a realidade é virtual e fruto de uma interface chamada Matrix. Só que Neo é incapaz de entender o que Morpheus está dizendo, porque esse discurso é como uma pessoa com visão falando sobre cores para um cego.

Mas tem outro motivo para Neo não entender. A Matrix é uma interface, então, está mais perto do que perto. Uma interface é anterior a realidade que ela está produzindo, logo, é impossível de ser apontada. Morpheus, assim como todo professor desperto, sabe disso, e diz para Neo: “Infelizmente, não se pode explicar o que é Matrix. É preciso que veja por si”. Ou seja, a explicação do óbvio não é o óbvio, a explicação da verdade não é a verdade.

Por fim, sabendo que despertar a consciência não é agradável e não tem volta, Morpheus dá a Neo uma oportunidade de decidir se quer mesmo despertar e descobrir o que é Matrix. E para reforçar que essa descoberta pode ser desagradável, Morpheus diz: “Lembre-se! Estou oferecendo a verdade, nada mais”.

© 2023 • 1FICINA • Marcelo Ferrari