LIVROS

*Os livros estão na ordem de leitura recomendada.


LIVROS EXTRAS

COMPORTAMENTO FALA (O QUE VOCÊ ESTÁ DIZENDO AO MUNDO?)

01/10/2021 by in category Textos tagged as , , , with 0 and 0

Por trás de todo comportamento tem uma escolha, por trás de toda escolha, tem um discurso, uma mensagem, uma lógica, uma fala implícita. Porém, por ser implícita, na maioria das vezes, nem o emissor tem consciência do que está dizendo, nem o receptor tem consciência do que está escutando, mas a fala e a recepção acontecem subconscientemente.

Por exemplo, quando um pai denigre uma pessoa para seu filho e depois atende o telefone para falar com essa pessoa e enche a pessoa de elogios, o pai emitiu uma mensagem e o filho recebeu a mensagem. Qual mensagem? Seja hipócrita.

Comportamento fala. Você pode não entender conscientemente o que um comportamento está dizendo, mas subconscientemente você recebe a mensagem e produz um entendimento.

Imagine que você está andando na rua, de repente, surge uma pessoa, aponta uma arma para você e lhe diz: “Me dá seu celular ou te mato!”. O que essa pessoa está lhe dizendo com esse comportamento? Pense um pouco. Qual é a mensagem que está sendo emitida e que você, subconscientemente, entende?

Pensou? Vamos chamar a pessoa com a arma de assaltante. O que o assaltante está lhe dizendo com o comportamento dele é: “Você não vale nada para mim, sua vida não vale nada para mim. Você é irrelevante, não tem importância nenhuma. Para mim, sua vida vale menos do que um celular”.

Você ouve isso subconscientemente e entende isso subconscientemente, caso contrário, não entregaria o celular. Você entrega o celular para o assaltante porque entende que, para ele, seu celular de 700 reais vale mais do que sua vida.

Agora, vamos supor que você também está armado e decide apontar sua arma para o assaltante, qual é a mensagem que você está emitindo e que o assaltante, subconscientemente, entende? Você está dizendo para o assaltante: “Você também não vale nada para mim, sua vida também não vale nada para mim. Você também é irrelevante, sem importância. Para mim, sua vida vale menos do que meu celular”.

Muito bem, acho que você já entendeu o que acontece quando você recebe e emite comportamentos. Agora, transfira esse entendimento para todos os relacionamentos que você já teve com seus familiares, amigos, sociedade, etc. Você irá entender tudo que lhe foi dito subconscientemente e que você memorizou e tudo que você disse subconscientemente e que foi memorizado pelo outro.

Vamos supor que seus pais foram pais ausentes, que passaram a vida trabalhando e te deram muitos presentes para recompensar. O que seus pais lhe disseram subconscientemente? Disseram que dinheiro é mais importante do que afeto. Vamos supor que você bateu em seus filhos toda vez que eles te desobedeceram. O que você disse para seus filhos com esse comportamento? Disse que uma pessoa não vale nada se não for obediente.

Percebe até onde vai o buraco do coelho? Sua cabeça está cheia dessas aprendizagens subconscientes que você nem sabe que tem, e pior, que você reproduz e perpetua com os outros durante cada instante de convivência. Enquanto não ficar consciente que faz isso e da natureza dessas mentalidades, continuará reproduzindo e perpetuando.

A solução não é mudar de comportamento, pois comportamento é efeito. A solução é praticar autociência para ficar consciente das mentalidades geradoras dos seus comportamentos. E só isso! O próprio despertar consciencial para essas mentalidades geradoras de mal viver impulsiona toda a mudança necessária e no sentido do bem viver.

O que você tem dito ao mundo com seu comportamento? Quer mudar seu discurso? O caminho para mudança é a prática da autociência e produção de autoconhecimento.

Boa prática!

© 2021 · 1FICINA · Marcelo Ferrari