AUTOCIÊNCIA E ARTE

17/05/2020 by in category Textos with 0 and 0

Como você lida com o reconhecimento do trabalho da 1ficina?

Meu trabalho com autociência e meu trabalho com arte são trabalhos distintos, quase antagônicos. Como professor de autociência, meu trabalho é explicar, deixar explícito o que estou mostrando, sem dar espaço para interpretações. Uma explicação autocientífica é objetiva como uma equação matemática, só que ao invés de números, usa palavras. Como artista, meu trabalho é o oposto, é esconder o que estou querendo dizer, é dizer sem dizer, é deixar a mensagem implícita para que o leitor possa brincar de interpretação.

Esse meu poema, por exemplo:

ESCUTANDO SOPAS

Comecei escutando sopas
depois escutei um limão
a capela
frente a frente
nota por nota
gomo a gomo

Se você ainda mastiga
cardápios e hábitos
permaneça escutando sopas
escutando sopas
escutando sopas
escutando sopas
(no repeat)
até o dia amanhecer
no céu da boca

Em casos graves
de bloqueio clariauditivo
escute soro caseiro
e paçoquinha amor

Esse poema não explica nada, pelo contrário, esconde o assunto. Isso possibilita que você (leitor) possa brincar de interpretação. Você fica pensando: “O que será que ele quer dizer com escutar sopa? É impossível escutar sopa, então, essa sopa deve ser outra coisa. Mas o quê? Será que sopa significa isso? Será que significa aquilo?” E assim por diante, você começa a divagar. Quando estou produzindo uma explicação auto científica é o oposto, sou explícito justamente para que você (leitor) não divague. Por exemplo, quando explico: “Sofrimento é emoção desagradável”. É isso e ponto. Emoção + desagradável = sofrimento. Não tem duplo sentido, não tem divagação, não tem o que interpretar. É óbvio, é explícito, é isso aí e fim de papo.

Linguagem científica tem uma função, linguagem poética (artística) tem outra. Uma não é melhor que a outra, são diferentes. Cada uma em seu lugar e tudo funciona bem. Dito isso, vou responder suas perguntas considerando apenas meu trabalho como professor de autociência porque esse é o motivo de estarmos aqui na 1ficina estudos.

PERGUNTA: Como você lida com o reconhecimento do trabalho da 1ficina?

Da mesma forma que lido com tudo que experimento: com lucidez. Mas talvez sua pergunta seja outra. Talvez sua pergunta seja: “Como você se sente com o reconhecimento do trabalho da 1ficina?”. Eu fico contente. Eu acho que é um trabalho de muitas qualidades e muita eficiência. Então, fico contente quando alguém reconhece isso.

PERGUNTA: Você almeja sucesso?

Sucesso é uma palavra de muitos significados. Se a palavra sucesso significar êxito, não almejo sucesso, experimento o sucesso da 1ficina todos os dias. O objetivo do trabalho da 1ficina é ajudar o ser humano em seu processo de autorrealização. Todos os dias a 1ficina triunfa nesse objetivo, cada vez com mais amplitude e eficiência.

Se a palavra sucesso significar reconhecimento, não almejo também, experimento o reconhecimento do trabalho da 1ficina todos os dias, principalmente entre os participantes do ciclo de estudos EUreka.

Se a palavra sucesso significar fama, daí sim almejo, mas por um motivo específico. O trabalho da 1ficina ajuda as pessoas a lidarem melhor com o sofrimento e viver melhor. Porém, a maioria das pessoas ignoram a existência do trabalho da 1ficina. Um site na internet é como uma azeitona flutuando no meio do oceano. Então, conforme o trabalho da 1ficina ganha fama, ganha também visibilidade e mais pessoas podem usufruir dele.

© 2020 · 1FICINA · Marcelo Ferrari