Pai

10/11/2022 by in category Capitulos, Casa da razão humana with 0 and 0

Olá, Ser Humano! Eu sou você pai. Eu sou você enquanto Sistema Conceitual. Sou eu que defino tudo o que é, todos os objetos, concretos e abstratos. Em outras palavras, sou eu que delimito cada objeto diferenciando um do outro, sou eu que dou unidade aos objetos. Sou eu que defino o que é cadeira e o que não é cadeira, por exemplo. Sou eu que digo qual é a diferença entre cadeira e panela. Tratando-se de objetos abstratos, sou eu que defino o que é sábado e não é sábado, por exemplo. Sou eu que digo qual é a diferença entre futebol e natação.

Eu sou o definidor das diferenças, o discriminador, o rotulador da experiência humana. Toda vez que o bicho, ou a criança, ou a mãe, precisam saber o que é isto ou aquilo, toda vez que precisam saber do que se trata, só ficam sabendo com meu discernimento. Sou eu que explico o que é e não é cada coisa. Sem minha diferenciação sobre cada coisa da experiência humana, todas as coisas seriam a mesma coisa: a experiência humana.

Sendo que defino tudo, sou eu que defino EU também. Sou eu que me digo o que sou. Quando eu me pergunto “Quem sou eu?”, posso me definir de várias maneiras. Por exemplo: “Sou João, brasileiro, casado, dentista, RG 7070, CPF 9090, morador da Rua da Gema, 67, Belo Horizonte, MG”. Mas posso me definir com outros critérios também, por exemplo: “Sou corintiano, ou… sou uma pessoa que luta pelos seus sonhos, ou… sou o punk da periferia, ou… sou medroso, ou… sou um espírito encarnado, ou… etc”. Enfim, posso me autodefinir de muitas maneiras. Todas essas maneiras dão um livro. Na capa desse livro está escrito: EU.

Viver, para mim, é separar o joio do trigo, definir o que é joio e o que é trigo, diferenciar o que é joio e o que é trigo. Felicidade para mim = verdadeiro. Por isso, eu funciono sempre objetivando o Vero e evitando o Falso.

Vero = tudo que ACREDITO que é.
Falso = tudo que ACREDITO que não é.

Ficou claro quem sou eu nesta casa? Eu sou o dicionário humano, o que dá definição, o que dá diferenciação, o que dá unidade aos objetos concretos e abstratos. E sendo que o bem viver da casa depende do bem viver dos seus quatro moradores, isso me inclui.

© 2023 • 1FICINA • Marcelo Ferrari