O que é quem?

09/11/2022 by in category Capitulos, Quem with 0 and 0

Agora que já desmistificamos o mito do “eu verdadeiro”, vamos à pergunta subsequente: “O que é uma personalidade?”. Para que você possa entender isso, primeiro é preciso que fique consciente de três obviedades.

Existem infinitas formas de manifestação, mas não existe manifestação sem forma. Por exemplo, você pode manifestar seu afeto por alguém dizendo “eu te amo” em português, em inglês, em russo, em linguagem de sinais, dando um beijo, tocando uma música, etc. Tem infinitas formas de você manifestar seu afeto por alguém, mas é impossível você manifestar seu afeto por alguém sem usar uma forma de manifestação. Essa é a primeira obviedade que precisa ser constatada para que você possa entender o que é uma personalidade: toda manifestação acontece de alguma forma.

Só que uma forma não é causa de si mesma, não existe por si mesma. Toda forma é produto de uma fôrma. Não existe forma sem fôrma. O bolo redondo é produto da fôrma redonda. O bolo quadrado é produto da fôrma quadrada. Essa é a segunda obviedade que precisa ser constatada para que você possa entender o que é uma personalidade: toda forma é produto de uma fôrma.

A forma é visível e a fôrma é invisível. Esse texto que você está lendo na tela do seu celular, por exemplo, é a forma visível. A fôrma invisível desse texto é o sistema operacional do seu celular, o famoso Android. Sem o Android invisível funcionando não teria texto visível para você ler. Essa é a terceira obviedade que precisa ser constatada para que você possa entender o que é uma personalidade: toda forma visível é produto de uma fôrma invisível.

Uma vez constatadas essas três obviedades, e uma vez que manifestação é comportamento, vamos à resposta da pergunta inicial: “O que é uma personalidade?”. Uma personalidade é uma fôrma mental invisível que você usa para produzir comportamentos visíveis e entender o comportamento dos outros.

© 2023 • 1FICINA • Marcelo Ferrari